Cris Silva: "'Você tem medo de quê?" - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Lá em Casa14/02/2020 | 10h18Atualizada em 14/02/2020 | 10h18

Cris Silva: "'Você tem medo de quê?"

Colunista escreve sobre maternidade e família todas as sextas-feiras

Cris Silva: "'Você tem medo de quê?" Foto: Arte DG/
Cris no DG Foto: Foto: Arte DG

Quem nunca sentiu medo que atire a primeira pedra! O medo é dos sentimentos mais clássicos da nossa espécie e está diretamente ligado ao nível de controle emocional que cada um tem. Quando eu era criança tinha medo de temporal, até minha vó me levar para o pátio da casa dela, em Pelotas, e me explicar o quanto a chuva, o vento e toda aquela barulheira faziam parte da natureza e nos mantinham vivos. Acabou o medo.

E, assim, aos poucos eu fui crescendo e “substituindo” os medos. 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 10/11/2016. Exposição Você tem medo de quê?, dos alunos da disciplina de Curadoria do Curso de Tecnologia em Fotografia da Universidade de Caxias do Sul (UCS). (Monique Bettiol Venzon/Divulgação)
Medo de monstros é bastante comumFoto: Monique Bettiol Venzon / Divulgação

É engraçado acompanhar o desenvolvimento do Teteu nesse sentido. Meu filho, de dois anos, atualmente tem medo de urso. Esses dias, lá em casa, a televisão estava ligada num canal infantil e começou a passar o trailer do filme “Valente”. A história é linda e fala sobre a princesa Merida que, em vez de seguir os costumes do seu reino e ser uma rainha ao lado do cavalheiro, resolve trilhar o seu próprio caminho e desafia a tradição ancestral. O fato é que tem uma cena de dois ursos pretos gigantes. O Matheus ficou vidrado na televisão e, em seguida, abriu o berreiro. 

Eu o acalmei e fiz toda uma conversa pra tentar explicar, mas ele não esqueceu o urso. Vira e mexe, pergunta: “Manhêêê, o ‘ussso’?”, e eu paro tudo e explico de novo. 

Ele está bem mais tranquilo e sei que, daqui a pouco, o medo será outro. Mas aproveitei a situação para conversar com uma psicóloga sobre o tema.

 Série medo das crianças- medo da Morte -Criança natan Schreiner agarra-se ao pai (Cléo Schreiner)com medo da sua morte
Perder os pais também é um receio das criançasFoto: Adriana Franciosi / Agencia RBS

Palavra de especialista

Segundo a psicóloga Melina Blanco, o medo é um sentimento inerente ao ser humano:

– Todo mundo sente medo, tanto os adultos quanto as crianças. Os pequenos, por não terem a maturidade cognitiva, tendem a ter mais medos fantasiosos. Em contrapartida, por não terem a noção de causa e efeito, não têm medo de determinadas situações, como pular de cima de uma mesa. 

É positivo sentir medo. Ele, muitas vezes, protege a gente, previne situações perigosas, pode evitar que façamos algo impensado. Por exemplo: o medo de assaltos faz com que uma pessoa fique mais alerta, cuidadosa e atenta ao seu percurso.

Foto:

Perólas

– Mãe, tô com medo de voltar pra escola amanhã... Eu não vou conhecer ninguém.
– Filha, você não vai acreditar quem está na sua sala!
– Quem???
– Chuta!
Ela começou a chorar e falou:
– Eu não conheço a Chuta!
Malu, cinco anos


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros