Entenda a polêmica envolvendo o resultado do Festival de Sambas-enredo de Porto Alegre - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Eu Sou do Samba13/02/2020 | 08h00Atualizada em 13/02/2020 | 13h10

Entenda a polêmica envolvendo o resultado do Festival de Sambas-enredo de Porto Alegre

À coluna, organização divulgou a classificação geral e explicou os critérios que consagraram Bambas da Orgia, pelo Grupo Ouro, e Samba Puro, pelo Grupo Prata, como campeãs

Entenda a polêmica envolvendo o resultado do Festival de Sambas-enredo de Porto Alegre Fábio Cruz / Divulgação/Divulgação
Bambas da Orgia foi a grande campeã do Grupo Ouro Foto: Fábio Cruz / Divulgação / Divulgação
Liliane Pereira
Liliane Pereira

O festival de sambas-enredo das escolas do grupo Ouro e Prata do Carnaval de Porto Alegre foi no final de semana, mas o assunto ainda está rendendo. Muitas pessoas questionaram o método de avaliação por voto popular e o fato de os nomes dos jurados não terem sido divulgados antes do evento. Embora as apresentações feitas pelas campeãs Bambas da Orgia, do grupo Ouro, e Samba Puro, do grupo Prata, não tenham deixado dúvidas de que foram merecedoras da premiação, o “mistério” que envolveu a forma de avaliação virou pauta entre os carnavalescos.

Para não restar dúvidas, conversei com os dirigentes da União das Escolas de Samba de Porto Alegre (Uespa) e da Bah! Entretenimento, produtora responsável pelo Carnaval da cidade, que me informaram os nomes dos avaliadores e permitiram acesso às planilhas com as notas atribuídas a cada escola.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Foram dois os jurados responsáveis por julgar os sambas: Victoria Cristina, cantora e pesquisadora formada em Música e mestranda em Música Popular pela UFRGS, e Bruno Cardoso, cantor e acadêmico de Música na UFRGS. Conforme Arílson Trindade, responsável técnico do festival, a identificação dos jurados foi mantida em sigilo para que houvesse total lisura na avaliação técnica e para garantir que nenhum deles tivesse vínculo com entidades carnavalescas.

Quanto aos critérios de julgamento, Trindade afirmou que foram utilizadas regras básicas que já são tradicionais em festivais de samba que ocorrem pelo país. Eles foram estabelecidos da seguinte forma: 

/// Letra do samba, atribuindo notas de 0 a 4 e avaliando entendimento, poesia e coesão entre as frases.
/// Melodia, atribuindo notas de 0 a 4 e avaliando harmonia entre versos, clareza na divisão de frases e fluência na facilidade do canto.
/// Interpretação, atribuindo notas de 0 a 1 e avaliando criatividade harmônica entre bateria, cordas e vozes.
/// Canto do povo, atribuindo notas de 0 a 1 e avaliando a força do canto da escola e sua sustentação ao samba-enredo.
/// Voto popular, valendo 0,2. A escola mais votada de cada grupo teve dois décimos acrescidos às notas dos jurados. A votação foi feita por meio do aplicativo Carnaval RS e só era possível votar uma única vez por aparelho celular.

Confira o resultado da votação popular e a soma das notas dos jurados. Os dados foram disponibilizados pela Uespa e pela Bah! Entretenimento.

Grupo Ouro
1° – Bambas da Orgia – 19,8 pontos + 0,2 do voto popular = 20 / Recebeu 1.652 votos do público
2° – Império da Zona Norte – 19,7 pontos / Recebeu 874 votos do público
3° – Estado Maior da Restinga – 19,7 pontos / Recebeu 147 votos do público
4° – Imperadores do Samba – 19,6 / Recebeu 1.410 votos do público
5° – Imperatriz Dona Leopoldina – 19,5 / Recebeu 914 votos do público
6° – União da Vila do IAPI – 19,2 / Recebeu 161 votos do público
7° – Acadêmicos de Gravataí – 19,1 / Recebeu 7 votos do público

Grupo Prata
1° – Academia de Samba Puro – 18,8 / Recebeu 6 votos do público
2° – Unidos de Vila Isabel – 18,7 / Recebeu 654 votos do público
3° – União da Tinga – 18,4 / Recebeu 37 votos do público
4° – Unidos da Vila Mapa – 18,2 / Recebeu 3 votos do público
5° – Fidalgos e Aristocratas – 17,2 / Recebeu 7 votos do público
6° – Academia de Samba Praiana – 7,8 + 0,2 do voto popular = 8,0* / Recebeu 701 votos do público
* a escola não apresentou a letra do samba impressa, o que impossibilitou a avaliação de um quesito

Leia outras notícias da coluna Eu Sou do Samba

AGENDA

Hoje
/// Quinta em azul e branco, a partir das 21h, na quadra da Bambas da Orgia, com a convidada Acadêmicos de Gravataí. Ingressos a R$10. Mulheres grátis até 21h. Voluntários da Pátria, 1.387.
/// Ensaio show da Estado Maior da Restinga com a Império da Zona Norte. Entrada grátis até 21h, após, R$ 5. Mesas a R$ 20. Estrada João Antônio da Silveira, 2.355, Restinga.

Amanhã
///
Festa da bateria da Praiana com a velha guarda musical da verde e rosa e as escolas convidadas Bambas da Orgia, Imperadores do Samba e Estado Maior da Restinga, a partir das 21h. Ingressos a R$10, mesas para quatro lugares a R$ 20. Estacionamento: R$ 5. Padre Cacique, 1.559. Reservas pelo (51) 98205-8238.

Sábado
/// Encontro dos casais de mestre-sala e porta-bandeira de Imperadores do Samba e Bambas da Orgia. A partir das 21h na quadra da vermelho e branco. Ingressos a R$10 e mesas para quatro pessoas a R$ 60. Até 22h, pode entrar com um cooler por pessoa desde que não tenha garrafa ou copo de vidro. Padre Cacique, 1.567. Reservas com Ana pelo (51) 99255-4831.
/// Festa da bateria da Estado Maior da Restinga com as escolas Imperadores do Samba, Bambas da Orgia, Império da Zona Norte, Filhos de Maria e Banda Saldanha a partir das 22h. Ingressos a R$ 10. Reserva de camarotes pelo (51) 98273-0007.
/// Festa da ala de mulatas e da bateria da Samba Puro, com as convidadas Império da Zona Norte, Acadêmicos de Gravataí, Unidos da Vila Mapa e Realeza, a partir das 19h. Ingressos a R$ 5. Rua Mário de Artagão, 13, Partenon.

Domingo
/// Ensaio técnico da Império da Zona Norte em frente ao barracão no Porto Seco, a partir das 16h.
/// Ensaio do Império do Sol, a partir das 19h. Ingressos a R$ 2. Rua São Domingos, 427, ao lado do viaduto da rodovia de São Leopoldo.
/// Imperadores do Samba faz ensaio técnico com final ao pôr do sol no Guaíba. Concentração às 16h, na quadra da escola, e, às 17h, começa o desfile até a frente da Fundação Iberê Camargo, onde acontece o show de encerramento.
/// Ensaio da União da Tinga com a convidada Samba Puro a partir das 18h. Churrasqueira liberada. Rua Álvaro Difine, 380. Entrada gratuita.
/// Festa na Banda Saldanha com Imperadores do Samba, Bambas da Orgia, Estado Maior da Restinga e Imperatriz Dona Leopoldina com abertura do grupo Nosso Lance. Entrada grátis até 15h, após, R$ 10. Padre Cacique, 1.355.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros