Posto de saúde fecha as portas por falta de médico em Porto Alegre - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Zona Norte20/02/2020 | 17h48Atualizada em 21/02/2020 | 12h00

Posto de saúde fecha as portas por falta de médico em Porto Alegre

Unidade do bairro Rubem Berta ainda não tem previsão para reabrir ; população deve buscar atendimento no posto Ramos, que fica a 1,5 km de distância

Posto de saúde fecha as portas por falta de médico em Porto Alegre Giane Silva / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Um cartaz, colocado na grade que fica em frente à unidade, avisa a população para buscar atendimento em outro posto Foto: Giane Silva / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

O posto de saúde Jenor Jarros, no bairro Rubem Berta, na zona norte de Porto Alegre, não abriu as portas à comunidade nesta quinta-feira (20). Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o médico da unidade teve um problema pessoal e não compareceu ao trabalho. Por conta disso, o posto ficou fechado.

Leia mais
Fila de espera do SUS cai quase pela metade em Porto Alegre, mas tempo para consulta aumenta em algumas especialidades
Porto Alegre tem mais seis postos de saúde com horário estendido
Fechamento de posto de saúde para reunião de funcionários irrita pacientes em Porto Alegre

Um cartaz, colocado na grade que fica em frente à unidade, avisa a população para buscar atendimento no posto de saúde Ramos, que fica a cerca de 1,5 quilômetros de distância, e permanece aberto até as 22h.

A comerciária Giane Silva, 42 anos, reclama da falta de médicos. Integrante do conselho local de saúde, a moradora afirma que funcionários do posto estariam de férias, o que provocou o fechamento das portas.

— A prefeitura deveria mandar outro profissional para manter os atendimentos — reclama.

Em nota, a Secretaria da Saúde não afirmou quando a Jenor Jarros voltará a atender, já que depende do retorno do profissional, que não foi identificado pela prefeitura. A expectativa é que as consultas voltem a ser realizadas nesta sexta-feira (21), mas pode ficar apenas para quarta (26) – isso porque as unidades de saúde ficarão fechadas na segunda e terça de Carnaval.

A nota da SMS

“A Unidade de Saúde Jenor Jarros está fechada, neste momento, somente pela falta temporária de profissional médico. Ocorre que o profissional teve um problema familiar pessoal e precisou se ausentar. Ainda ontem foram realizados 31 atendimentos no local. Destacamos que a estrutura do prédio é precária e impossibilita qualquer tipo de melhoria ou reforma (por não se tratar de prédio próprio da prefeitura) sendo inclusive tema de inquérito do Ministério Público. Os pacientes seguem sendo atendidos na unidade Ramos. O atendimento deve ser retomado após o retorno do profissional.”

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros