Manoel Soares alerta para golpes envolvendo benefícios sociais: "Não passe seus dados" - Notícias

Versão mobile

 
 

Papo Reto04/04/2020 | 05h00Atualizada em 04/04/2020 | 05h00

Manoel Soares alerta para golpes envolvendo benefícios sociais: "Não passe seus dados"

Colunista escreve nas edições de final de semana do Diário Gaúcho

Alguns golpistas estão roubando dados de pessoas da periferia para receber benefícios sociais no lugar de quem precisa. Óbvio que isso é um crime com previsão de pena por lei, mas também revela o grau de chinelagem de algumas pessoas. Ninguém em hipótese nenhuma deve ser vítima de golpe, mas fazer de alvo de falcatruas famílias que têm crianças passando fome, pessoas com deficiência, idosos com doenças terminais, entre outras mazelas, é o limite. 

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Claro que muitos que leem este texto conhecem um amigo ou primo metido a malandro que acredita que está sendo o “sabidão” por mandar mensagens por WhatsApp e pegar dados pessoais de pessoas fragilizadas. Lembre a ele que há certas coisas que nem o crime aceita. A cobrança vem pela lei da capa preta, pela lei do morro ou pela lei de Deus, mas não passa em branco. 

Fique ligado

Quanto a você que mora na quebrada, não passe seus dados a pessoas que os pedem por mensagens no seu grupo de WhatsApp ou qualquer outro aplicativo. Para fazer esse tipo de cadastramento, é importante que profissionais da assistência social que prestam serviços a órgãos públicos ou entidades autorizadas estejam à frente. Na pior das hipóteses duvidem, peçam telefone de confirmação e fiquem ligados. Já basta o risco do coronavírus, cair no vírus de chinelo não pode rolar.

Leia outras colunas de Manoel Soares

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros