Professora de Porto Alegre pede cestas básicas como presente solidário de aniversário - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso21/05/2020 | 10h29

Professora de Porto Alegre pede cestas básicas como presente solidário de aniversário

Preocupada com a situação que famílias carentes enfrentam durante a pandemia, o objetivo de Maria da Graça é distribuir mil cestas de alimentos para entidades sociais 

Professora de Porto Alegre pede cestas básicas como presente solidário de aniversário Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Soprando as velinhas em casa Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Um presente de aniversário que será compartilhado com centenas de famílias de Porto Alegre é o pedido da professora universitária aposentada Maria da Graça Gomes Paiva. No dia 22 de abril, ela completou 69 anos e pediu de aniversário, como forma de campanha, por meio das redes sociais, a doação de cestas básicas. A meta que propõe é alcançar mil kits. 

– Este é o meu presente de aniversário: um gesto de solidariedade – afirma a professora. 

LEIA MAIS
Desenhos de menino autista viram canecas que, com a venda, ajudam família a enfrentar a crise
Sociedade espírita de Gravataí pede doações de leite e outros alimentos para seguir ajudando quem precisa
Na Vila Funil, sem futebol, time marca golaço de empatia e amor ao próximo

Preocupada com a situação que muitas famílias enfrentam durante a pandemia, o objetivo de Maria da Graça é distribuir as cestas de alimentos para entidades sociais localizadas em comunidades da Capital. Segundo a professora, serão 280 cestas para a Associação das Mulheres Unidas pela Esperança do Morro da Polícia (Amue), 200 cestas para a Creche Comunitária Topo Gigio (CAIMC), no Morro da Cruz, 200 cestas para a Creche Alan, no bairro Bom Jesus, e 320 cestas para o Centro Educacional Infantil Amavtron, no Morro Santa Tereza. 

Geladeira

A inspiração para o pedido de Maria da Graça foi uma intenção de repetir o feito solidário organizado há 19 anos, na sua festa de 50 anos: 

– O tema era “seis sonhos por uma festa de 50 anos”, um jantar dançante beneficente que atendeu a seis entidades. À época, a meta era chegar a mil convidados, mas foram 668 pessoas presentes, devido ao pouco tempo de sensibilização. 

No dia 20 de abril deste ano, dois dias antes do seu aniversário, ao abrir sua geladeira, Maria da Graça pensou em quantas famílias não tinham a mesma quantidade em alimentos para comer. Ao soprar as velas, dia 22, o pedido veio à tona: 

– Em plena pandemia e isolamento social, a meta por meio da Campanha Alimentando Vidas, Plantando Esperança é atender essa demanda das famílias. É um pedido desafiador e ambicioso, pois, em vez de mil pessoas convidadas, como foi nos meus 50 anos, serão mil cestas básicas. 

Seu Problema é Nosso, Maria da Graça Gomes Paiva, festa de aniversário, cestas básicas, campanha<!-- NICAID(14503257) -->
Professora lidera campanha que busca arrecadar mil cestas básicasFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Conforme a professora, até o momento, a campanha arrecadou o valor para a compra de cem cestas básicas – 10% do objetivo. Além do alimento, Maria da Graça conta que, na cesta, de acordo com o fornecedor, serão inclusos produtos de higiene. A ideia inicial era fazer a campanha durante um mês, a partir do aniversário. Mas, para chegar ao objetivo, o prazo foi adiado.

“Não abrir mão dos sonhos”

Inspirada pelo pensamento de Madre Tereza de Calcutá, de que “se você ajudar o próximo, você vai se machucar; dê o melhor de você, mesmo assim”, Maria da Graça afirma que, mesmo não sendo fácil organizar uma campanha, não irá desistir:

– Sempre sonhei alto, e a vida me ensinou a não abrir mão dos meus sonhos e a correr atrás deles. Estou preocupada com a fome, que tem pressa. Para ser solidário custa pouco. É o meu abraço de aniversário. Quem já doou, compartilhou o vídeo da campanha, me trouxe muita alegria – afirma a professora. 

O trabalho voltado para o voluntariado é algo recente, segundo Maria da Graça. Ela conta que, ao estar envolvida com políticas públicas sociais e, principalmente, com o público infantil e adolescente, conheceu uma Porto Alegre que não sabia que existia:

– Eu não conhecia lugares onde muitas pessoas ainda são invisíveis e, por isso, meu presente será para pessoas que dão do seu trabalho para essa cidade e que, agora, estão sem condições de ir trabalhar, estão em isolamento social e passam por necessidade. E eu tenho tudo, não me falta nada. Por isso, meu presente é para eles.

Seu Problema é Nosso, Maria da Graça Gomes Paiva, festa de aniversário, cestas básicas, campanha<!-- NICAID(14503450) -->
Cestas recebidas em casaFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

COMO PRESENTEAR

/// É possível doar por meio de depósito, pelo Banco Banrisul, agência 0597, conta 35210583.0.6, titular Maria da Graça Gomes Paiva.

/// Para obter mais informações, envie um e-mail para gracapaiva224@gmail.com ou mande uma mensagem pelo WhatsApp: (51) 99918-2251.

Produção: Caroline Tidra

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso  


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca