Magali Moraes e a alma de empreendedor - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Coluna da Maga24/06/2020 | 09h00Atualizada em 24/06/2020 | 09h00

Magali Moraes e a alma de empreendedor

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e a alma de empreendedor Fernando Gomes/Agencia RBS
Magali Moraes Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Sabe, eu realmente admiro quem abre um negócio e aposta todas as suas fichas na realização desse sonho. Não é fácil ser empreendedor, ainda mais em um país economicamente instável como o nosso. Enquanto os grandes empresários possuem mais recursos e experiência, para os pequenos é tudo ou nada. Tem que dar certo, simples assim. Se falta dinheiro, sobra coragem. Arregaça as mangas e vai. Se pensar muito, a ideia nem sai do papel. Quem tem alma de empreendedor vai lá e faz. 

Já contei aqui que eu sempre reparo nas placas de "vende-se" e "aluga-se" nas fachadas de pontos comerciais. Me dá uma tristeza ver um sonho interrompido. Tenho vontade de perguntar o que aconteceu e ouvir aquela história. Que não deu certo, está na cara. Mas e todos os obstáculos que esse empreendedor superou até chegar ao momento de encerrar? Montar um negócio é expectativa, frio na barriga, esperança. Desmontar é reconhecer que não dá mais, é querer virar a página, talvez sentir alívio.

Guerreiros

Leia outras colunas da Maga

Imagina começar um novo negócio em plena pandemia! Com essa incerteza toda? Tenho visto perto de casa pequenos guerreiros fazendo exatamente isso. Por que justo agora? E por que não? Já dizia um publicitário famoso: na crise, tem gente que chora e tem os que vendem lencinho. A coluna de hoje é uma sincera homenagem a quem tem alma de empreendedor. Quem (apesar do coronavírus assustando a todos) compra mercadorias, inventa um nome, instala a placa, inaugura, oferece serviços.

Pra quem sai de cena, fica aqui o meu abraço. Cada um sabe de si e certamente tem os seus motivos. Eu gosto de pensar que é uma mudança pra melhor. De bairro, de cidade, de vida. Pra cuidar da saúde. Pra dar um passo maior ou até um passo atrás e ganhar fôlego. Novas oportunidades sempre procuram os empreendedores. Paulo Alberto Battisti, tomara que tudo esteja bem. Queria muito ter me despedido de vocês. Obrigada por cada bom dia ao comprar o DG cedinho. Boa sorte e sucesso!


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros