Cris Silva: "Os cuidados com o álcool gel e as crianças" - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Lá em Casa24/07/2020 | 09h56Atualizada em 24/07/2020 | 09h56

Cris Silva: "Os cuidados com o álcool gel e as crianças"

Colunista escreve sobre maternidade e família todas as sextas-feiras

Cris Silva: "Os cuidados com o álcool gel e as crianças" Agência RBS / Agência RBS/Agência RBS
Cris Silva Foto: Agência RBS / Agência RBS / Agência RBS

Não é novidade a recomendação para aumentar os hábitos de higiene na quarentena utilizando água e sabão e, na falta deles, o álcool gel. Só que justamente o aumento no uso dessa substância também tem provocado o crescimento de acidentes, principalmente envolvendo crianças. São tantos casos que a Sociedade Brasileira de Pediatria lançou, nesta semana, uma nota alertando para o aumento da incidência de queimaduras no período de isolamento social.

O presidente do Departamento de Segurança da Sociedade de Pediatria, doutor Marco Antônio Chaves Gama, conta que a maioria dos acidentes não intencionais pode ser prevenida, basta que se tome providências de precaução. Por isso, a melhor maneira de assegurar um ambiente saudável e seguro para crianças e adolescentes é a orientação e conscientização de todos.

Leia outras colunas da Cris Silva

Onde mora o perigo

Em geral, as queimaduras em crianças estão associadas ao fato de elas serem mais curiosas e interessadas em explorar o ambiente. No entanto, por não reconhecerem os riscos com clareza, é fundamental a orientação e supervisão constante de um adulto responsável. 

A maioria dos acidentes envolvendo crianças até o final da idade escolar ocorre em sua própria residência, e a cozinha é o local onde mais frequentemente acontecem as queimaduras.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 03/04/2020Cuidados com o alcool gel com as crianças. João Gabriel Marques, 9 anos e Miguel Francisco Marques 5 anos
Produto pode representar riscos para os pequenosFoto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Dica da especialista

Segundo a cirurgiã plástica Tatiana Moura, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, uma boa prática para evitar acidentes é, em casa, fazer a limpeza das mãos com água e detergente – principalmente quando estiver na cozinha. 

– Já para limpar o ambiente, prefira produtos desengordurantes específicos para a higienização do local – orienta. 

Ou seja, deixe o álcool gel apenas para quando estiver fora de casa.

O produto 

O álcool gel, ao contrário do álcool líquido, leva mais tempo para evaporar. Por isso, é preciso redobrar a atenção. 

Para evitar as queimaduras, a indicação é que jamais se utilizem fósforos e isqueiros logo após a aplicação de álcool nas mãos ou superfícies.

Em caso de acidente

Se ocorrerem queimaduras graves, a orientação é entrar em contato imediatamente com o Corpo de Bombeiros da sua cidade e explicar – com calma – o que aconteceu. Jamais utilize substâncias caseiras, como borra de café ou pasta de dentes, pois podem agravar a situação. Também não aplique pomadas ou medicamentos no ferimento. 

Pérola

– Artur, cuidado na hora de atravessar a rua, ou o carro vai te acertar.
– Fique tranquila, mãe. Eu já morri alguma vez?
Artur, seis anos


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros