Medidas mais restritivas em Porto Alegre: entenda o que começa a valer nesta terça-feira e o que fica para quinta - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Combate ao coronavírus07/07/2020 | 09h12Atualizada em 07/07/2020 | 09h12

Medidas mais restritivas em Porto Alegre: entenda o que começa a valer nesta terça-feira e o que fica para quinta

Fechamento do Mercado Público e suspensão de estacionamento em área azul estão entre as novas mudanças

Medidas mais restritivas em Porto Alegre: entenda o que começa a valer nesta terça-feira e o que fica para quinta André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS
GaúchaZH
GaúchaZH

Porto Alegre inicia esta terça-feira (7) com restrições mais pesadas em relação a serviços e comércio para garantir maior taxa de isolamento social no combate ao avanço do coronavírus sobre a Capital. 

A maior parte das medidas, anunciadas na semana passada, já começa a valer nesta terça. No entanto, o bloqueio do vale-transporte de funcionários de atividades não essenciais entra em vigor a partir da quinta-feira (9), segundo o decreto do Executivo.

As medidas valerão por, pelo menos, 15 dias, segundo estimativa da prefeitura. Abaixo, veja as principais mudanças.

Serviços alterados a partir desta terça-feira

Mercado Público

O Mercado Público e o Mercado Bom Fim serão fechados. As lojas que atuam nesses locais poderão funcionar apenas por meio de telentrega. Os estabelecimentos  do ramo de alimentação também poderão operar no sistema de pegue e leve (takeaway) com acesso externo. As lotéricas alocadas nestes pontos poderão funcionar com acesso externo e com operação de um cliente para cada atendente.

Supermercados e hipermercado

Os supermercados poderão abrir normalmente por estarem no rol das atividades essenciais. No entanto, a orientação é para que apenas uma pessoa por família acesse o estabelecimento. Os locais também precisarão controlar o fluxo de pessoas na entrada e na saída e adotar limitação máxima de 50% da capacidade da loja e do estacionamento. 

Academias

Academias não poderão funcionar, inclusive em shoppings, condomínios e clubes sociais, salvo apenas para treinamento físico de atletas profissionais contratados.

Estacionamento em área azul 

Quem estacionar o veículo em uma das 5 mil vagas de Área Azul da Capital, entre as 7h e às 19h, será multado em R$ 195,23, receberá cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e terá o veículo removido. Apenas as  vagas nas proximidades de hospitais seguirão funcionando sem restrições.

Estacionamentos públicos

Com restrições desde o sábado, os estacionamentos públicos permanecerão fechados e quem transpor os bloqueios receberá multa de R$ 195,23 e cinco pontos na CNH.

Áreas de convivência em condomínios residenciais

Esses espaços não poderão ser abertos e utilizados. O decreto veda o uso de salões de festas, salões de jogos, salas de cinema, academias, espaços de recreação em condomínios residenciais, ou quaisquer outras áreas de convivência similares.

Bares e restaurantes

Bares e restaurantes poderão funcionar apenas nos sistemas de telentrega e pague e leve.  

Comércio

Apenas comércio e serviços de setores considerados essenciais poderão operar. Deverão fechar com a nova regra estabelecimentos como salões de beleza e barbearias, lojas com serviço de chips e aparelhos telefônicos e concessionárias de veículos.

Ferragens e lojas de materiais de construção poderão abrir com equipes reduzidas e  com restrição no número de clientes. Formação de filas e aglomeração de pessoas nestes locais não são permitidos.

Shoppings

O funcionamento dos shoppings está proibido, com exceção das lojas de setores essenciais, como farmácias, estabelecimentos de comércio e serviços na área da saúde, posto de atendimento da Polícia Federal, mercados, supermercados e afins, bancos, terminais de autoatendimentos, lotéricas, correios, restaurantes, bares e lancherias (no sistema de telentrega). 

Missas e cultos

Não poderão ser realizados com presença de público. Essas atividades só poderão acontecer por meio de captação audiovisual, com o ingresso no local apenas da equipe técnica responsável pela filmagem. 

Parques e praças 

A orla do Guaíba e os parques Chico Mendes, Germânia, Gabriel Knijnik e Maurício Sirotsky Sobrinho (Harmonia) terão o acesso ao público bloqueado. O comércio de vendedores ambulantes nos demais parques e praças também fica proibido. Medidas nesse sentido já haviam sido adotadas no fim de semana.

Para as áreas que seguem abertas, a orientação da prefeitura é para que as pessoas não usem esses locais

Medidas que valem a partir de quinta-feira (9)

Bloqueio de vale-transporte

A partir de quinta-feira (9), os vales-transporte dos trabalhadores de setores com atividades suspensas serão bloqueados. A prefeitura estima que 130 mil serão afetados pela medida. Cada cidadão poderá verificar a situação do seu cartão por meio do aplicativo do TRI. Caso o funcionário de uma empresa considerada essencial esteja com restrição, poderá ser solicitada a revisão do status. O bloqueio não é válido para o cartão TEU, utilizado na Região Metropolitana. O cartão da passagem escolar permanece bloqueado desde março. A prefeitura não vai proibir o pagamento da passagem com  dinheiro entre as 6h e às 10h. Com isso, as tarifas poderão ser pagas com  dinheiro em qualquer hora do dia.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros