Rios Taquari e das Antas voltam a apresentar elevação, e Defesa Civil alerta para novas inundações - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Enchentes13/07/2020 | 09h18Atualizada em 13/07/2020 | 09h19

Rios Taquari e das Antas voltam a apresentar elevação, e Defesa Civil alerta para novas inundações

Relatório também aponta previsão de novas inundações em São Sebastião do Caí

Rios Taquari e das Antas voltam a apresentar elevação, e Defesa Civil alerta para novas inundações Jefferson Botega/Agencia RBS
Enchente do Rio Taquari no bairro Hidráulica, em Lajeado, no dia 8 de julho, quando o rio atingiu 22m10cm Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

A Defesa Civil Estadual mantém neste domingo (12) o alerta de inundações para bacias e rios de diferentes pontos do Rio Grande do Sul. No entanto, os rios Taquari e das Antas são os que mais preocupam o órgão no momento. De acordo com a Sala de Situação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), a estação Muçum, no Taquari, apresentou a elevação mais significativa e os dois rios devem registrar novas inundações já nas próximas horas. Pela manhã, o leito do Taquari estava em 6,39 metros e chegou a 14,54 metros na noite deste domingo. O normal é 2 metros. 

Na semana passada, quando bairros inteiros de Lajeado ficaram alagados, o rio estava em 22m10cm na estação de Estrela, a maior medição já feita — agora, o índice está em 18m72cm.

O último relatório também aponta a previsão de novas inundações na cidade de São Sebastião do Caí, em função da elevação do rio Cai. Em Caxias do Sul, o rio já apresenta declínio.

Na região do Vale do Sinos, o rio dos Sinos encontra-se praticamente estável nas estações monitoradas, porém acima do leito de inundação.

A bacia do Ijuí recebeu os maiores volumes de chuva nas últimas 24 horas e os principais rios nesta bacia seguem em elevação em praticamente todas as estações monitoradas.

O rio Uruguai já segue declínio em São Borja, porém ainda segue em elevação em Uruguaiana e Itaqui.

A Sala de Situação registrou ainda uma distribuição irregular de chuva nas últimas 24 horas. Os maiores volumes foram observados nas bacias do Taquari-Antas (10 a 120mm), Sinos (20 a 50mm) e Gravataí (15 e 60mm).

Informações detalhadas por locais (medição das 19h)

  • Rio Uruguai (estação Passo São Borja): 9,02m (normal: 2,5m; Cota de Alerta: 8m): neste ponto e demais estações a montante já encontra-se em declínio.
  • Rio Uruguai (estação Uruguaiana): 7,67m em elevação (normal: 3m; Cota de Alerta: 7,5). Também deve seguir em elevação em função da onda de cheia vinda de São Borja.
  • Rio das Antas (estação Linha José Júlio): 15,29m (normal: 2m) – Em elevação novamente em função das chuvas ocorridas nas últimas horas
  • Rio Taquari (estação Muçum): 14,54m (normal: 2m) – Em elevação
  • Rio Taquari (estação Estrela): 18,72m (normal: 12,5m) – Estável, porém deve entrar em elevação novamente em função das chuvas ocorridas nas últimas horas.
  • Rio Cai (estação Barca do Cai): 9,85m (normal: 2,0m) – Em elevação novamente em função das chuvas ocorridas nas últimas horas.
  • Rio Cai (estação Montenegro): 5,86 m (normal: 1,5m) – Em elevação novamente.
  • Rio dos Sinos (estação Campo Bom): 7,02m (normal: 2m) – Apensar das chuvas, segue em declínio neste ponto.
  • Rio dos Sinos (São Leopoldo): 5,12m (normal:2m) – Estável nas últimas medições.
  • Rio Gravataí (estação Passo das Canoas: 4,94m (normal:2m) – Praticamente estável nesta estação.
  • Rio Ijuí (estação PCH RS-155): 5,84 m (normal: 1,5m) – Em elevação em função das chuvas.
  • Rio Ijuí (estação UHE São José): 6,72m (normal: 2m). No momento praticamente estável nesta estação.
  • Guaíba (estação Caís Mauá): 2,29m (normal: 1,2m) – Segue em declínio. Porém em função das altas vazões vindas do Região Hidrográfica do Guaíba o prognóstico do Guaíba requer muita cautela.
  • Rio Jacuí (estação UHE Dona Francisca): 3,92m (normal: 3m). Neste ponto o Jacuí está praticamente estável. Em demais pontos a jusante, como em Cachoeira do Sul, Eldorado do Sul e Triunfo o Rio Jacuí já apresenta um lento declínio.
  • Rio Jacuí (estação Passo São Lourenço): 5,35m (normal: 3,5m). Nesta estação localizada nas proximidades de Cachoeira do Sul, o Jacuí já se encontra em declínio.
 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros