Debate em formato drive-in na Rádio Gaúcha dá largada à cobertura eleitoral; saiba como acompanhar - Notícias

Versão mobile

 
 

Nos carros28/09/2020 | 07h41Atualizada em 28/09/2020 | 07h41

Debate em formato drive-in na Rádio Gaúcha dá largada à cobertura eleitoral; saiba como acompanhar

Para garantir segurança, os candidatos à prefeitura de Porto Alegre debaterão de dentro dos seus automóveis, no estacionamento do Grupo RBS

Em iniciativa inédita, adaptada às imposições da pandemia, a Rádio Gaúcha abre a cobertura da campanha eleitoral, nesta segunda-feira (28), com um novo formato de debate entre os candidatos à prefeitura de Porto Alegre. A partir das 8h10min, os 13 concorrentes discutirão propostas e ideias para a maior cidade do Rio Grande do Sul de dentro de seus carros, sem contato físico, no estacionamento do Grupo RBS.

Na prática, será como um drive-in, termo em inglês usado para designar locais onde não é preciso sair do automóvel para obter um produto ou serviço. Nesse caso, a alternativa foi a forma encontrada para viabilizar o evento em tempos de coronavírus, garantido a segurança dos postulantes ao Paço Municipal — em número recorde neste ano — e das equipes envolvidas na cobertura jornalística.

— Sempre tivemos como premissa convidar todos os candidatos para o primeiro debate, porque consideramos importante para o nosso público. O desafio, dessa vez, foi definir como reunir tantas pessoas sem riscos. Pedi à área técnica para que fizesse testes e propusesse soluções. Quando ouvi a ideia do drive-in, dei um pulo do sofá. Era exatamente o que precisávamos — relata Andressa Xavier, editora-chefe da Rádio Gaúcha.

A sugestão partiu do coordenador de Engenharia das rádios da RBS, Carlo Karnas Vinhol, que tem 16 anos de casa e larga experiência em grandes coberturas, da Copa do Mundo ao Planeta Atlântida. Vinhol conta que o conceito surgiu há cerca de um mês, ao final de uma noite mal dormida. Até então, havia dúvidas sobre como proceder. A hipótese de fazer o encontro via internet, por meio de videoconferência, era alvo de preocupação, já que não haveria como garantir estabilidade à transmissão.

— Pensei muito. Fiquei me revirando na cama, em um sono agitado. Quando acordei, veio o insight (estalo), a partir de um sonho. Pensei em fazer um debate no estacionamento. Chamei a Andressa no WhatsApp. Ela adorou a ideia e, menos de 15 minutos depois, voltou a falar comigo para saber se conseguiríamos fazer — recorda Vinhol.

A partir dali, o time de técnicos da Gaúcha deu início a uma bateria de estudos e experimentos. Funcionou. 

— Se não fosse a minha equipe, aquele sonho não se tornaria realidade. Foram quase 20 setores da empresa envolvidos, só nessa fase inicial. Será algo muito consistente, inclusive com apoio de uma unidade móvel da RBS TV, que fará imagens em vídeo. O mais legal de tudo é que até pessoas do centro do país estão interessadas no modelo — diz o coordenador.

A inovação entusiasma, também, o jornalista Daniel Scola, encarregado de mediar o debate. Acostumado à função, que exerce desde 2012, o âncora do programa Gaúcha Atualidade, um dos campeões de audiência da rádio, diz estar preparado para a missão e ansioso por ouvir o que os concorrentes têm a dizer, cada um no seu veículo, com um microfone na mão.  

— Será um novo tipo de debate, uma novidade para todos nós. Ao mesmo tempo, manterá a tradição da Gaúcha de organizar o primeiro encontro entre os candidatos, que sempre é mais nervoso, de reconhecimento de território. Será uma ótima oportunidade para começarmos a conhecê-los melhor e para saber o que cada um pensa — destaca o comunicador.

Como acompanhar

Data: segunda-feira (28)
Horário: das 8h10min até por volta de 10h30min
Onde: ao vivo na Rádio Gaúcha, com transmissão em vídeo em GZH e ampla cobertura antes, durante e depois em GZH, Zero Hora e Diário Gaúcho

Como vai funcionar

  • O debate será realizado em formato drive-in, no estacionamento do Grupo RBS
  • Cada candidato deverá estar dentro do seu carro e poderá ser acompanhado de um assessor. Será permitida a entrada de apenas um veículo por concorrente. 
  • Para evitar contatos desnecessários, cada equipe deverá levar água. Também é recomendado o uso de máscaras e de álcool gel. 
  • Só será permitido abrir o vidro do lado direito do carro (do carona), onde deverá estar sentado o candidato, evitando contato com os ocupantes do veículo ao lado. 
  • Pelo lado do carona, a equipe técnica da Rádio Gaúcha fornecerá o equipamento para o candidato utilizar, como microfone e fones de ouvido higienizados.

Autorização

O evento tem autorização oficial da Secretaria Municipal da Saúde e licença da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

É isso mesmo? 

Selo GDI - Grupo de Investigação da RBS
Foto: Arte ZH

Mais uma vez, repórteres do Grupo de Investigação da RBS (GDI) farão a checagem de declarações dos candidatos durante o debate. As verificações serão publicadas após o evento, sob o selo É isso mesmo?, em GZH, Zero Hora e Diário Gaúcho.


Regras

O debate terá três blocos, divididos da seguinte maneira:  

1º bloco — perguntas de ouvintes

Cada candidato terá 1min30s, de acordo com ordem sorteada previamente, para responder a uma pergunta feita por um ouvinte, escolhida de forma aleatória. As perguntas foram gravadas em diferentes regiões da cidade e abordam temas de interesse dos porto-alegrenses.

2º bloco — perguntas entre os candidatos com temas livres  

Os candidatos farão perguntas entre si. A ordem de quem pergunta foi definida por sorteio prévio. O postulante terá 30 segundos para fazer o questionamento. O candidato escolhido para responder terá 1min30s para a resposta. Na sequência, aquele que perguntou terá 30 segundos para réplica e o que respondeu, outros 30 segundos para tréplica. Cada candidato poderá responder uma única vez. 

3º bloco — considerações finais 

Cada candidato terá um minuto para considerações finais. A ordem será inversa à do primeiro bloco.  


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros