Magali Moraes: um pouco mais de Ponkan - Notícias

Versão mobile

 
 

Coluna da Maga09/09/2020 | 09h00Atualizada em 09/09/2020 | 09h00

Magali Moraes: um pouco mais de Ponkan

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes: um pouco mais de Ponkan Fernando Gomes/Agencia RBS
Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Só no ano que vem, me disse o moço ao pesar o saco de bergamotas montenegrinas que escolhi meio contra a vontade. Eu queria Ponkan, e perguntei só pra confirmar o que já temia. Acabou a época. As frutas da estação fazem isso com a gente. Saem de cena quando ainda não comemos o suficiente. Fui dar um Google e descobri que a safra da Ponkan vai de maio a agosto. E se eu tivesse estocado? Mas nunca sobra espaço na geladeira. E quanto tempo elas durariam sem estragar? 

Aquele moço deu uma risadinha quando perguntei. Será que foi da minha cara de desapontada? Talvez ele responda essa mesma pergunta muitas vezes ao dia. O fã clube de Ponkan deve ser grande. Tanto faz chamar de Pocã, Poncã ou Pocan. Todos os adoradores são bem-vindos. Até porque a bergamota também possui diferentes nomes e sotaques. É tangerina, mexerica, mandarina, mimosa, morgote, laranja-cravo. A gauchada chama de berga. Um apelido carinhoso porque somos íntimos do seu sabor. 

Leia outras colunas da Maga

Suco

Existem variações no tamanho, espessura da casca, doçura e quantidade de suco. De todo jeito é uma explosão de vitamina C. Se comer sentado no sol, mais gostoso ainda. É só apertar com o dedo pra furar a casca e soltar os gomos. Eu gosto até do cheiro nas mãos. Uns tiram todas as felpinhas, outros comem com felpa e tudo. Que criança nunca engoliu a semente e ficou com medo de nascer berga na barriga? Infância feliz tem que ter campeonato pra ver quem cospe as sementes mais longe na grama.

Chá com a casca e folhas de bergamota eu nunca tomei, mas deve ser bom. Melhor do que um suco espremido na hora eu duvido. Peraí. Essa coluna não tá ajudando, sabe? Tô ficando com cada vez mais vontade. Ou seria saudade? Acho que vou fazer uma ronda pelos mercadinhos e fruteiras da cidade. Queria um pouco mais de Ponkan. Vai ser dureza aguentar até 2021. É como diz o nome. São frutas da estação, não do ano inteiro. Só não me tirem a laranja Navelina, outra que eu amo.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros