Morre, aos 47 anos, o músico Tom Astral - Notícias

Versão mobile

 
 

Perda18/11/2020 | 21h03Atualizada em 18/11/2020 | 21h04

Morre, aos 47 anos, o músico Tom Astral

Evertom Bittencourt, nascido em São Leopoldo, havia sido hospitalizado na terça-feira em função de complicações causadas pela covid-19

Morre, aos 47 anos, o músico Tom Astral Vinicius Brito/Divulgação
Músico Tom Astral deixa a esposa e dois filhos Foto: Vinicius Brito / Divulgação
Liliane Pereira
Liliane Pereira

O cenário musical e carnavalesco perdeu, nesta quarta-feira (18), aos 47 anos, Evertom Bittencourt, conhecido como Tom Astral. Músico e compositor, ele fazia parte da escola de samba Acadêmicos do Rio Branco, que fica no bairro de mesmo nome, no qual que ele nasceu, em São Leopoldo. 

Também era integrante da banda Samba Astral, que no final da década de 1990 e início dos anos 2000 era uma das mais requisitadas de Porto Alegre e do Estado. Foi em função do nome do grupo que ele adotou o apelido.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Tom se destacou no Carnaval de Porto Alegre fazendo samba para a Protegidos da Princesa Isabel, de Novo Hamburgo. Também fez sambas para Praiana, Vila do IAPI, Império da Zona Norte, além de diversas composições. Homem de muitos amigos, Tom também era conhecido por realizar ações sociais.

Conforme o relato de amigos, ele estava em isolamento pela covid-19 há uma semana. Na terça-feira (17), foi hospitalizado por complicações da doença, e faleceu na quarta. Ele deixa esposa e dois filhos. A comunidade sambista está muito abalada com a perda.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros