Cris Silva: "Lição pra vida toda: beba água!" - Notícias

Versão mobile

 
 

Lá em Casa18/12/2020 | 11h30Atualizada em 18/12/2020 | 11h30

Cris Silva: "Lição pra vida toda: beba água!"

Colunista escreve sobre maternidade e família todas as sextas-feiras

Cris Silva: "Lição pra vida toda: beba água!" Agência RBS/Agência RBS
Cris Silva Foto: Agência RBS / Agência RBS

Pode parecer bobagem escrever uma coluna falando sobre a importância de beber água, mas sempre vale o alerta, né? 

Outro dia, eu e o Teteu, meu filho de dois anos, estávamos na pracinha – nós e a garrafinha de água do “homem de ferro”. Pula, corre, sobe e desce nos brinquedos, e o Matheus para e reabastece. Numa dessas paradas, uma mãe que olhava a cena se aproximou e perguntou: 

– Ele toma bastante água? Ele pede? 

Eu respondi que agora ele pede, mas eu tive que ensinar e explicar a importância de tomar água. Ela respondeu que a filha de quatro anos às vezes passava um dia inteirinho sem tomar água, só suco. 

Conversei com a nutricionista funcional Juliana Urtassum Schmitt e trago para vocês informações importantes.

Leia outras colunas da Cris Silva

Palavra da especialista

A água é essencial para a vida, pois, apesar de os seres humanos conseguirem sobreviver por algumas semanas sem comida, é impossível sobreviver sem água por mais do que poucos dias. Ela constitui a maior parte do peso do nosso corpo, podendo variar de 45% a 75% deste peso, a depender de idade e sexo, com uma média de 60% para adultos. 

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 11/12/2019- Garrafa de água gelada, gelo, frio. (Foto:Svetlana Romanenkova  / stock.adobe.com)Fonte: 8704710<!-- NICAID(14355288) -->
Água fresquinha neste calor é uma boa pedidaFoto: Svetlana Romanenkova / stock.adobe.com

O ato de beber água costuma estar associado à sede, porém, muitas vezes, esse consumo é trocado por outras bebidas a base de açúcar e/ou gaseificadas. Isso acaba agravando o nível de desidratação do organismo, já que os refrigerantes e sucos industrializados são ricos em açúcar e, muitas vezes, em sódio.

Crianças e adultos devem criar o hábito de beber água. É importante entender que as crianças não têm consciência de suas necessidades e, por isso, é importante lembrá-las. Crianças e jovens são mais suscetíveis à desidratação – além das necessidades fisiológicas da idade, atividades realizadas de forma continuada fazem com que o organismo aumente a perda de água. 

Então, como fazer a criança ingerir o necessário e não ficar desidratada? Oferecendo várias vezes ao dia pequenas quantidades de água, porque, enquanto brinca, vai esquecer de pedir. Os pais devem ajudar a criar o hábito. 

Sinais que podem indicar desidratação 

/// Olheiras e olhos fundos

/// Boca seca

/// Aprofundamento da moleira (bebês)

/// Pouca urina em intervalos longos

/// Fraqueza

/// Desânimo 

/// Taquicardia

Dicas para facilitar

/// Utilize recipientes atrativos

/// Coloque canudinhos no copo para tornar a bebida mais divertida

/// Suco natural de frutas também é um bom aliado, o colorido dos alimentos ajuda a atrair a atenção, porém evite colocar açúcar nos sucos e no leite

/// Transforme os sucos de frutas em picolé, evitando os corantes artificiais

/// Congele o suco em cubinhos de gelo.

Atenção, idosos!

Nos idosos, 50% do seu peso total é composto por água. Por essa razão, as pessoas mais velhas têm uma maior propensão à desidratação. Recomenda-se que, acima dos 70 anos, as pessoas bebam de 2,7 litros a 3,7 litros de água por dia.

Pérola

– Denise, como é a musiquinha de Natal que você gosta de cantar?
– “Bate o sino, pequenino, sino de Belém. Já nasceu, Deus me livre, para o nosso bem”.
Denise, quatro anos


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros