UFRGS reduz dias de provas e número de questões do vestibular - Notícias

Versão mobile

 
 

Seleção17/12/2020 | 10h43Atualizada em 17/12/2020 | 10h43

UFRGS reduz dias de provas e número de questões do vestibular

Para compensar, cada dia de exame terá duração de 5h30min

UFRGS reduz dias de provas e número de questões do vestibular Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Testes serão aplicados em dois dias Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

A maratona do vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) será reduzida em 2021. Tradicionalmente feita em quatro dias e com provas de 25 questões, a próxima seleção será realizada em dois dias – e os cadernos do exame terão somente 15 perguntas. A definição por esse modelo foi decidida pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) e anunciada nesta quarta-feira (16).

O Cepe propõe ainda que a duração de cada dia prova seja de 5h30min e que os locais de prova deverão ter ocupação máxima de 50% da capacidade original. O conselho ressaltou que as alterações, propostas pela Pró-Reitoria de Ensino (Proens) e pela Comissão Permanente de Seleção (Coperse), serão válidas apenas para a edição 2021 e ocorrem em razão das limitações impostas pela pandemia do coronavírus.

O Cepe destacou ainda que permanece garantido o atendimento especial por motivos de liberdade de consciência e de crença, bem como a possibilidade de solicitação de uma hora adicional para casos específicos.

Na aplicação das provas serão seguidas as normas e os protocolos estabelecidos pelo Comitê Responsável pelo Plano de Contingenciamento Frente ao Risco de Disseminação do Coronavírus e pelas autoridades sanitárias do município.

Por fim, foi indicada a provável ordem de aplicação das provas do vestibular 2021. No primeiro dia devem ser aplicados os testes de Língua Portuguesa, Literatura em Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, História e Matemática. Já no segundo dia será a vez de Redação, Física, Biologia, Química e Geografia.

A data de aplicação da prova, que faz parte do calendário escolar, deverá ser aprovada pelo Cepe.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros