Com novos lotes de vacinas, RS deve começar a imunizar bombeiros e idosos a partir de 73 anos - Notícias

Versão mobile

 
 

Combate ao coronavírus18/03/2021 | 08h44Atualizada em 18/03/2021 | 08h44

Com novos lotes de vacinas, RS deve começar a imunizar bombeiros e idosos a partir de 73 anos

As 318,2 mil doses do novo lote da vacina CoronaVac começam a ser distribuídas aos municípios a partir de quinta-feira 

Com novos lotes de vacinas, RS deve começar a imunizar bombeiros e idosos a partir de 73 anos Gustavo Mansur / Palácio Piratini / Divulgação/Palácio Piratini / Divulgação
Nova remessa chegou nesta quarta (17) Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini / Divulgação / Palácio Piratini / Divulgação
GZH
GZH

Idosos de 73 a 76 anos, profissionais de saúde ainda não imunizados e bombeiros militares operando no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fazem parte da população que poderá tomar a primeira dose da vacina contra a covid-19 nos próximos dias. A decisão foi tomada durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), com participação da Secretaria da Saúde (SES) e do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS), na tarde desta quarta-feira (17). As regras de idade podem variar de acordo com as doses disponibilizadas para cada município.

As 318,2 mil doses do novo lote da vacina contra a covid-19 CoronaVac, que chegaram ao Rio Grande do Sul na manhã desta quarta,  começam a ser distribuídas aos municípios a partir de quinta-feira (18). A lista de doses por município ainda será divulgada.

Os municípios da 18ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), com sede em Osório, receberão 4 mil doses a mais para compensar as da primeira aplicação realizadas no Litoral durante o período de veraneio, em vez de ocorrerem no município de origem do vacinado.

Mil doses ficarão armazenadas na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre, para repor ampolas que tenham sofrido variação de temperatura para mais de 8°C em algum momento do trajeto até o destino.

A pactuação da CIB sobre essa remessa de Coronavac também trará um artigo contemplando, se houver saldo de vacina no município, as pessoas com deficiência de 18 anos ou mais que estejam acamadas e não tenham autonomia. 

Este é o segundo maior lote já recebido. Segundo o painel de vacinas, o Rio Grande do Sul já recebeu 1.286.200 vacinas, entre CoronaVac e Oxford/AstraZeneca. A aplicação, até as 10h30min desta quarta, totalizava 907.120 doses. Foram aplicadas 664.023 primeiras doses e 243.097 segundas.

Veja as remessas que já foram entregues:

18/1 - 341,8 mil doses da CoronaVac 

24/1 -  116 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca 

25/1 - 53,4 mil doses da CoronaVac 

7/2 - 193,2 mil doses da CoronaVac 

24/2 - 135 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca  

24/2 -  84,2 mil doses da CoronaVac  

3/3 - 174 mil doses da CoronaVac 

9/3 - 187,8 mil doses da CoronaVac 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros