Hospital de Campanha de Porto Alegre começa a receber pacientes na sexta-feira - Notícias

Versão mobile

 
 

Restinga17/03/2021 | 09h13Atualizada em 17/03/2021 | 09h13

Hospital de Campanha de Porto Alegre começa a receber pacientes na sexta-feira

Estrutura montada pelo Exército passa por montagem de equipamentos e ajustes nas redes de gás e água

Hospital de Campanha de Porto Alegre começa a receber pacientes na sexta-feira Félix Zucco / Agencia RBS/Agencia RBS
Local possui oito leitos de UTI e 12 de enfermaria, e vai funcionar como um anexo do Hospital Restinga Foto: Félix Zucco / Agencia RBS / Agencia RBS

O Hospital de Campanha montado e estruturado pelo Comando Militar do Sul em Porto Alegre entra em operação na sexta-feira (19). A estrutura passa por montagem de equipamentos, ajuste na canalização de gases para os leitos e finalização das redes elétrica e de água. Além disso, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) está montando as equipes que vão trabalhar no local.

O hospital possui oito leitos de UTI e 12 de enfermaria. A unidade vai funcionar como um anexo do Hospital Restinga, onde há estrutura de apoio como tomógrafos, ecografia, raio-x, entre outros. As equipes de saúde serão formadas, principalmente, por profissionais do próprio Hospital Restinga.

Os insumos para montagem do hospital chegaram em Porto Alegre em aviões da FAB neste final de semana. O anexo é composto por três barracas, com um total de 144 metros quadrados. 

A criação do hospital partiu de uma operação conjunta entre prefeitura, governo do Estado e Exército, após um pedido informal feito na terça-feira (9) pelo governador Eduardo Leite ao Comando Militar do Sul e uma solicitação oficial na quarta-feira (10).

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros