Como será a vacinação nesta segunda-feira em cidades da Região Metropolitana   - Notícias

Versão mobile

 
 

Imunização contra covid24/05/2021 | 10h13Atualizada em 24/05/2021 | 10h13

Como será a vacinação nesta segunda-feira em cidades da Região Metropolitana  

GZH consultou os planos de 10 prefeituras para o início da semana

Como será a vacinação nesta segunda-feira em cidades da Região Metropolitana   Mateus Bruxel / Agência RBS/Agência RBS
Mais de 6 mil pessoas vacinadas neste fim de semana na Capital Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS / Agência RBS
Leticia Mendes

Nesta segunda-feira (24), a maior parte dos municípios da Região Metropolitana dá seguimento à vacinação contra a covid-19. De 10 prefeituras consultadas por GZH, somente Esteio confirmou que não deve realizar imunização no primeiro dia da semana, quando será reavaliado o estoque.  

Em Porto Alegre, a semana começará  com a ampliação da faixa de vacinação para quem precisa receber a segunda dose de CoronaVac: poderão se vacinar os moradores da Capital que receberam a primeira aplicação até 18 de abril e pessoas com 60 anos ou mais.  A segunda dose da vacina AstraZeneca/Oxford também estará disponível para pessoas que iniciaram o esquema vacinal há mais de 12 semanas. 

A seguir, confira como será a vacinação nos demais municípios da região.

Alvorada

O município aplica tanto a segunda dose da CoronaVac nesta segunda-feira quanto a primeira e a segunda da AstraZeneca/Oxford. O atendimento é realizado entre 8h e 18h. A CoronaVac será oferecida às pessoas que já deveriam ter feito a segunda dose no período entre 5 e 24 de maio. Já a Oxford será aplicada em pessoas com comorbidades de 59 a 18 anos e pessoas com deficiência permanente de 59 a 18 anos - primeira e segunda dose.

Canoas 

A vacinação contra a covid-19 será somente para primeira dose em pessoas com comorbidades a partir de 18 anos. A aplicação ocorre nas 27 unidades básicas de saúde, das 8h às 12h. Para se vacinar, é obrigatória a apresentação de documento de identidade com CPF, comprovante de residência em Canoas e atestado médico que confirme a comorbidade. As pessoas atendidas na rede pública municipal podem procurar a UBS de referência para obter a comprovação. Para as gestantes e puérperas, o uso da AstraZeneca está suspenso, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitéria (Anvisa) e do governo do Estado. 

Eldorado do Sul

O município realiza drive-thru para aplicação da segunda dose com a CoronaVac. A vacinação é exclusiva para quem já deveria ter recebido o complemento da imunização. A aplicação ocorre no Centro, em frente à Unidade Central 24 horas, na Rua Batori José Rodrigues dos Santos, das 9h às 17h, e na unidade de saúde do Parque Eldorado, das 9h às 16h. A prefeitura informou que aguarda o recebimento de nova remessa para retomar a aplicação da primeira dose. 

Esteio 

No município, segundo a prefeitura, não haverá vacinação nesta segunda-feira. A aplicação da primeira dose da vacina em pessoas acima de 18 anos com comorbidades teve início na quinta-feira, com drive-thru no Parque de Exposições Assis Brasil. Elas receberam o imunizante Oxford/AstraZeneca. No sábado, foi realizado drive thru para aplicação da segunda dose da Coronavac, no Parque de Exposições Assis Brasil. Foram vacinadas pessoas que deveriam ter recebido a dose complementar até o dia 30 de abril. Agora, será realizado levantamento das doses ainda disponíveis que serão aplicadas nos próximos dias em pessoas que fizeram o agendamento, por meio do site minhaagendavirtual.com.br/esteio. 

Gravataí  

Nesta segunda-feira, serão imunizadas com a primeira dose da vacina Oxford/AstraZeneca pessoas com síndrome de Down (a partir dos 18 anos), pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), também a partir dos 18 anos, pessoas com deficiência cadastradas no BPC (entre 18 e 59 anos), e pessoas com comorbidades entre 18 e 59 anos, e idosos a partir de 60 anos. A vacinação ocorre em 28 unidades de saúde.  

Guaíba  

Será aplicada a vacina em pessoas que tem a segunda dose agendada para 24 de maio, do laboratório FioCruz. A vacinação ocorre no Ginásio Coelhão, das 9h às 12h e das 13h às 15h. Segundo a prefeitura, não haverá distribuição de senhas, já que as doses são suficientes para completar a imunização de todos. A prefeitura informou que nos próximos dias divulgará o novo calendário de primeira dose. 

Novo Hamburgo 

No município do Vale do Sinos haverá aplicação da primeira dose, por meio de agendamento, nas unidades de saúde para pessoas com comorbidades, com 18 anos ou mais. Já para os idosos que estão no aguardo da segunda dose da Coronavac a imunização ocorre nos pavilhões da Fenac. O horário de atendimento será das 9h às 16h.  

A segunda dose será aplicada em idosos que receberam a primeira dose até 7 de abril, ou antes. A documentação necessária são o comprovante de vacinação da primeira dose e documento com foto. Quem perdeu o comprovante da primeira dose não será atendido na Fenac, mas deve procurar uma unidade de saúde. 

A Secretaria de Saúde reforça que os drive-thrus atenderão somente quem recebeu a primeira dose em Novo Hamburgo. Quem foi vacinado na praia ou em outra cidade deve aguardar a vinda de novas doses, mesmo tendo comprovante de residência em Novo Hamburgo. 

Sapucaia do Sul 

Na segunda-feira a prefeitura segue aplicando a primeira dose da vacina Oxford/Astrazeneca e segunda dose da Coronavac, por meio de agendamento. Quem for se vacinar no município deve fazer um agendamento prévio comparecendo pessoalmente em sua unidade de saúde com CPF, comprovante de residência e comprovante da comorbidade ou através do telefone de cada unidade.  

São Leopoldo  

O município irá disponibilizar a segunda dose da vacina de Oxford/Astrazeneca. Serão vacinados idosos e profissionais da saúde que fizeram a primeira dose até o dia 02 de março. O largo Rui Porto segue como ponto de referência para idosos que optarem em ir de carro. A entrada é pela Avenida dom João Becker. Quem optar em ir a pé deve procurar a antiga sede da Unisinos, que atenderá idosos e também os profissionais de saúde. 

Viamão

A aplicação da primeira dose da vacina AstraZeneca/Oxford ocorre nas nove UBS Referência em Covid do município, das 8h às 17h. Estão aptos a receber a primeira dose idosos de 60 anos ou mais, pessoas com 18 anos ou mais com comorbidades, deficiência permanente ou Síndrome de Down, assim como a população em situação de rua (busca ativa). Para a segunda dose, estão aptas pessoas que tomaram AstraZeneca/Oxford há no mínimo 12 semanas, ou pessoas de 64 anos ou mais que tenham recebido a primeira dose de CoronaVac.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros