Cris Silva: "Vamos para a cozinha?" - Notícias

Versão mobile

 
 

Lá em Casa21/05/2021 | 13h05Atualizada em 21/05/2021 | 13h05

Cris Silva: "Vamos para a cozinha?"

Colunista escreve sobre maternidade e família todas as sextas-feiras

Cris Silva: "Vamos para a cozinha?" Agência RBS/Agência RBS
Cris Silva Foto: Agência RBS / Agência RBS

Se tem uma coisa que eu amo é ir para cozinha com o Teteu, meu filho de três anos. É sempre muito divertido e um momento de conexão entre nós. Hoje, eu falo justamente da importância dessas conexões entre pais e filhos.

Leia outras colunas da Cris Silva

Palavra do especialista
Psicólogo clínico Michel Andreola 

"Estar na cozinha é uma magia que pode ser explorada por toda a sua família, só basta querer. Não ir obrigado e, sim, convidado, ou também convidar. Porque quando somos convidados ou convidamos, o momento e o tempo se tornam mais interessantes e criativos. Combine com a família o que cada um pode fazer, no dia e na preparação do prato. Dividir as tarefas deixa a criança sentir seu papel importante e até estimula na criação do novo prato. 

Pais, convidem seus filhos a juntos procurarem receitas pela internet. Expliquem os principais cuidados sobre a sua segurança quando estiverem na cozinha. Arrumem uns aventais como uma sugestão e os personalizem, a partir da criatividade de vocês. As crianças vão achar divertido e será um momento alegre entre pais e filhos. Uma troca sadia e gostosa de viver. Procurem vocês, pais, encontrar espaços onde possam se sujar com seus filhos. Planejando este local e organizando, será bem aproveitado. 

lá em casa, cris silva, coluna da cris silva, teteu, mateus<!-- NICAID(14788192) -->
Com Teteu, diversão na cozinhaFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Outras sugestões criativas podem ser fotos ou filmes e, depois, lá no final, pensem em um álbum culinário da família. Vão ser momentos amorosos e divertidos, a serem compartilhados também com familiares e amigos. Tudo serve para ensinar seus filhos sobre economia, alimentos mais saudáveis e, também, a como reaproveitar alimentos já preparados em outros dias. Desafiem seus filhos a pegarem os alimentos que sobraram na geladeira e criarem novos pratos com os seus toques. Experimentem juntos e brinquem, dando uma nota, como se fosse um reality gastronômico. Criem as suas regras e façam duplas e, depois, troquem as duplas, se for uma família com quatro ou mais pessoas. Podem compartilhar com outros familiares e amigos essa brincadeira competitiva e divertida. A memória afetiva é muito importante para um futuro onde as crianças, que um dia puderam fazer esse tipo de interação com os seus pais, possam se desenvolver como pessoa em todos os sentidos. Ter este espaço reservado para brincar e interagir com quem você ama é um ingrediente que não pode faltar no cardápio de vocês. Aproveitem ao máximo, usando cores, provando novos sabores e novos alimentos. Boa diversão em família.”

Pérola

– Laura, você tem que comer tudo para ficar grande.
– Mãe, mas eu gosto de ser criança.
Laura, quatro anos


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros