Magali Moraes: acelera e vem - Notícias

Versão mobile

 
 

Coluna da Maga25/06/2021 | 09h00Atualizada em 25/06/2021 | 09h00

Magali Moraes: acelera e vem

Colunista escreve às segundas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes: acelera e vem Fernando Gomes/Agencia RBS
Magali Moraes Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Hoje, sexta-feira 25, é a 26ª sexta do ano. E ainda temos 27 sextas pela frente até o final do ano. Achei que você precisava saber disso. 25, 26, 27! Uma sequência de números assim deve significar alguma coisa. Já sei. Que estamos chegando na metade de 2021. Semana que vem é julho. E você vai concordar comigo. Depois dele, o Papai Noel logo aparece nos shoppings. É impressão minha ou a cada ano que passa tudo passa muito mais rápido? Parece que foi ontem que desmontei a minha árvore de Natal.

Dá pra dizer que esse primeiro semestre foi uma repetição do ano passado? Depende do ângulo que você olhar. A mesma pandemia, as mesmas paredes pra quem seguiu trabalhando de casa, o mesmo medo de se contaminar na rua, os mesmos loucos aglomerando por aí, mas com uma grande diferença: a esperança chegou juntinho com a tão esperada vacina. Os primeiros gaúchos foram vacinados no dia 18 de janeiro, lembra? Acompanhei ao vivo a cerimônia e me emocionei demais.

Leia outras colunas da Maga

Igualzinho

Se é vida normal o que a gente mais deseja, então que seja: tá tudo normal. Esse ano também está passando rápido como todos os outros. Igualzinho. Enfim, aquela sensação de normalidade. Pra não fugir à regra, o segundo semestre vai acelerar mais e mais. Vamos combinar uma coisa? Se tem saúde, não tem porque reclamar. Acelera e vem. O calendário vai correr, voar, tumultuar. Acompanharemos no mesmo ritmo. Sinta-se livre pra já ir organizando o amigo-secreto e planejando a ceia.

Então é isso. Não esqueça de aproveitar os próximos 27 sextooou. No último deles, os fogos de artifício vão iluminar o céu à noite. Será a sexta-feira de 31 de dezembro, e estaremos vestidos de branco esperando 2022 cheios de sonhos e esperança. Até lá, tomara que a grande maioria das pessoas já esteja totalmente imunizada pra ninguém ficar sem abraço. Eu não queria estar na pele do novo ano. Quanta expectativa! Agora acelera e vem, julho. Pode trazer mais confiança em dias melhores.  


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros