Manoel Soares e as verdadeiras amizades - Notícias

Versão mobile

 
 

PAPO RETO03/07/2021 | 05h00Atualizada em 03/07/2021 | 05h00

Manoel Soares e as verdadeiras amizades

Colunista escreve no Diário Gaúcho aos sábados

Manoel Soares e as verdadeiras amizades João Cotta/TV Globo/Divulgação
"Amizade boa é a de verdade" Foto: João Cotta / TV Globo/Divulgação

Esse papo de que amigo de verdade é para sempre está, cada vez mais, sendo colocado em xeque. Esse momento de opiniões polarizadas nos mais diversos assuntos está fragmentando relações em todos os lugares de nossa vida, mas, principalmente, no campo das amizades. 

Sempre acreditei que ter uma pessoa que pensa diferente de mim seria bacana porque traria outras perspectivas. Mas estamos vendo, atualmente, que as opiniões revelam valores de vida, e isso é algo sério. 

Leia mais colunas de Manoel Soares

Ter um amigo que vê as situações de outro ângulo é compreensível. Mas, quando nossos amigos carregam preconceitos e ódios, precisamos avaliar se queremos mesmo que essas amizades sejam para sempre. Assim como o casamento, o ideal é que as amizades sejam eternas enquanto durem, senão vira um ritual doloroso onde as belezas dos momentos legais são sugadas pelos constantes embates. 

Meus amigos mais próximos são meus dentes, mas, se eles doerem, arranco e ponho um implante. Nessa pegada, espero que meus amigos não me façam sentir dor, porque se fizerem, já era. Claro que não vou sair queimando pessoas importantes em minha vida por capricho, mas também não vou violentar minhas crenças em nome de um hábito de convivência. 

Assim como meus dentes, antes de arrancar, vou tratar e tentar recuperar, porque assim como os dentes, amizade boa é a de verdade.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros