Magali Moraes e os pontos de exclamação - Notícias

Versão mobile

 
 

Coluna da Maga30/08/2021 | 09h00Atualizada em 30/08/2021 | 09h00

Magali Moraes e os pontos de exclamação

Colunista escreve às segundas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e os pontos de exclamação Fernando Gomes/Agencia RBS
Magali Moraes Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Com quantos pontos de exclamação se demonstra um sentimento? Eu mesma reconheço que uso seguido aqui na coluna, mas me contenho. Um, dois, no máximo a sequência de três. É como taça de vinho: a partir da terceira, melhor ir com calma. Mas parece que exagerar no ponto de exclamação caiu no gosto do pessoal. Talvez seja um hábito que veio das redes sociais e do WhatsApp. Se funciona usar diversos emojis em uma conversa, por que não multiplicar o ponto de exclamação? A gramática chora.

Esse sinal de pontuação é flexível demais. Permissivo, sabe assim? Conforme o contexto, ele pode transmitir empolgação, alegria, espanto, surpresa, revolta, indignação, raiva, ansiedade. Sozinho e inofensivo, um ponto de exclamação já enfatiza a escrita. Agora imagina quando ele vem de turma. Pode até gritar por nós. Na fala, o tom de voz ajuda a dar o recado. Na escrita, nem sempre conseguimos expressar tudo com vogais e consoantes. Aí entra o exagero, e a narrativa se perde. 

Leia outras colunas da Maga

Triângulo

Lembra aquele sinal de trânsito com um único ponto de exclamação dentro de um triângulo? Significa perigo, e todo mundo entende. Por outro lado, o excesso constante de pontos de exclamação pode confundir as ideias. Tenho um vizinho que usa !!!!! no final de cada frase. T-o-d-a-s! Eu nunca sei se ele está eternamente indignado ou desaprendeu a usar ponto de exclamação. Mas também tenho uma colega de trabalho que faz a gente se empolgar junto com seus combos de !!!!!!!!!.

Sou fã é do ponto de interrogação. Adoro deixar perguntas no ar (óbvio que você já percebeu). E nem todas as perguntas precisam ser respondidas. Um ponto de interrogação bem usado mexe com a gente. Faz pensar. Desperta a curiosidade. Por que os adultos não perguntam tanto quanto as crianças? Isso ajudaria a equilibrar com o uso do ponto de exclamação. Tenho medo que um dia ele falte, gaste, suma e entre em extinção na Língua Portuguesa. Chique mesmo é o !?, que impacta sem exagerar. 


 
 
 
 
 
 

Mais sobre

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros