Nova massa de ar frio derruba temperaturas no RS e só deve perder força no final de semana - Notícias

Versão mobile

 
 

Inverno gaúcho11/08/2021 | 15h37Atualizada em 11/08/2021 | 15h39

Nova massa de ar frio derruba temperaturas no RS e só deve perder força no final de semana

Cidades da Serra e da Campanha podem registrar mínimas negativas na quinta-feira

Nova massa de ar frio derruba temperaturas no RS e só deve perder força no final de semana Ronald Mendes / Agencia RBS/Agencia RBS
Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS / Agencia RBS

A presença de uma forte massa de ar frio, vinda da Argentina, fará com que as temperaturas sigam baixas no Rio Grande do Sul nos próximos dias. A quinta-feira promete ser o dia mais frio desta semana, inclusive, há previsão de geada para algumas regiões. De acordo com a meteorologia, o frio só deve perder intensidade depois do final de semana. 

O amanhecer desta quarta-feira (11) já foi gélido. Quaraí e Uruguaiana, ambas na Fronteira Oeste, registraram mínima de 0,9°C e 3,3°C, respectivamente. Na quinta-feira (12), o dia será ainda mais frio, diz Fabiene Casamento, meteorologista da Somar Meteorologia. 

— O centro dessa massa de ar frio estará sobre o Rio Grande do Sul. Em função disso, a quinta-feira será o pico dessa onda de dias gelados no território gaúcho. A partir de sexta-feira (13), o núcleo dessa condição se afasta do Estado, indo em direção ao oceano, mas ele não deixa de causar frio. Os dias mais gelados devem permanecer até o início da semana no Centro-Oeste e Noroeste gaúcho e, até o meio da semana, no restante do Estado — explica.  

Na quinta, os termômetros podem marcar -1° em São José dos Ausentes, nos Campos de Cima da Serra, e em Caçapava do Sul, na Campanha. Há, inclusive, risco de formação de geada nesses municípios. Já Porto Alegre deve ter mínima de 7°C. 

Não há chance de chuva na quinta, mas, na sexta, algumas áreas podem apresentar leve precipitação. 

— As regiões Metropolitana e serrana e o Litoral Norte estarão sob a influência de um sistema de alta pressão, que ajuda a na formação de instabilidades. Porém, a instabilidade não promete ter grandes acumulados, ela acontecerá em forma de pancadas intercalando com a presença do sol. As demais áreas do Rio Grande do Sul prometer ter tempo seco.  



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros