Nova queda de árvore deixa moradores sem luz pela segunda vez em menos de uma semana no Menino Deus - Notícias

Versão mobile

 
 

Transtorno26/08/2021 | 09h20Atualizada em 26/08/2021 | 09h20

Nova queda de árvore deixa moradores sem luz pela segunda vez em menos de uma semana no Menino Deus

Moradores cobram solução para evitar novos incidentes na região

Nova queda de árvore deixa moradores sem luz pela segunda vez em menos de uma semana no Menino Deus Eduardo Paganella / Agencia RBS/Agencia RBS
Árvore caiu nesta quarta-feira a 15 metros de onde ocorreu outra queda na sexta-feira passada Foto: Eduardo Paganella / Agencia RBS / Agencia RBS

Uma árvore de grande porte caiu sobre a fiação e deixou parte dos moradores do bairro Menino Deus, em Porto Alegre, sem luz no final da tarde desta quarta-feira (25). O incidente aconteceu no cruzamento entre as ruas Saldanha Marinho e Barão de Teffé. A cerca de 15 metros do tombamento, uma outra árvore caiu na sexta-feira passada (20). 

A situação preocupou e irritou moradores da região. Uma idosa estava com receio de passar próximo aos fios, pois apesar da queda da energia elétrica nas casas, o poste estava com a luz acesa. Ela disse que já perdeu as contas de quantas árvores caíram na região.

Por volta das 20h, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos informou que recebeu a demanda e se descolou ao ponto para realizar a remoção da árvore caída.

A fisioterapeuta Fernanda Della Costi lamentou os problemas constantes na região:

— É uma função. A gente chega em casa querendo descansar depois de um dia de trabalho. Sempre acontece isso aqui no Menino Deus.

Na calçada de casa enquanto aguardava a resolução do problema, o aposentado Vladimir Lorenz estava incomodado com o novo incidente. A árvore que caiu na última sexta-feira ficava em frente a sua residência, e partes do tronco ainda estão no local.

— É transtorno sempre. O meu poste rachou. E agora vamos ver quem vai pagar, porque as árvores puxaram os fios e quebraram tudo. Teriam que ter tomado providência antes —lamentou ele, dizendo que havia solicitado a retirada das árvores há alguns anos, sem conseguir a remoção.

A CEEE-D Equatorial afirmou que 410 clientes da companhia estão sem luz na região. A EPTC bloqueou o fluxo de veículos na via.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros