Cris Silva: "Pode entrar, Joci!" - Notícias

Versão mobile

 
 

Posso Entrar?24/09/2021 | 15h37Atualizada em 26/09/2021 | 14h35

Cris Silva: "Pode entrar, Joci!"

Colunista traz histórias inspiradoras de vida e trabalho todas as sextas-feiras

Cris Silva: "Pode entrar, Joci!" Agência RBS/Agência RBS
Cris Silva Foto: Agência RBS / Agência RBS

A coluna de hoje conta a história de uma mãe que resolveu arregaçar as mangas e criar um espaço acolhedor para as famílias e amigos de autistas. O sonho começou a virar realidade em 2019 e, hoje, a Associação de Pais e Amigos dos Autistas, em Viamão, já conta com dezenas de famílias cadastradas. 

Com vocês, a história da Jociane Santos.

Leia outras colunas da Cris Silva

A DESCOBERTA

“Sou mãe de um lindo jovem, o Emerson Júnior, 17 anos, que tem autismo. O diagnóstico veio com quase quatro anos, e foi transformador. Não sabíamos nada sobre o assunto, tampouco o que deveríamos fazer. Fui atrás, procurei profissionais que pudessem atendê-lo e nos orientar, aprender e ler sobre autismo. Lembrando que há 14 anos não se falava na mídia como hoje.”

A coluna de hoje conta a história de uma mãe que resolveu arregaçar as mangas e criar um espaço acolhedor para as famílias e amigos de autistas. O sonho começou a virar realidade em 2019 e hoje, a Associação de Pais e Amigos dos Autistas, na cidade de Viamão, já conta com dezenas de famílias cadastradas. Com vocês, a história da Jociane Santos.<!-- NICAID(14896161) -->
Jociane e JúniorFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

BUSCA POR AJUDA

“Somos de Viamão, mudamos para Porto Alegre, depois para Laguna (SC), sempre buscando melhor qualidade de vida para o nosso Júnior. Me incomodava com  famílias que não tinham esse acesso, que ao receber um diagnóstico viam-se perdidas e sem saber o que fazer. Então, em SC, tive contato com a Associação dos Amigos dos Autistas (AMA), um movimento forte, organizado e de uma acolhida significativa para as famílias e seus filhos. Moramos até 2019 lá e precisamos retornar para o RS e para Viamão. E aquele incômodo de que não existia um espaço para os autistas e para as famílias continuava.”

O SONHO VIROU REALIDADE

“Convidei a primeira professora do Júnior, a Ana Carolina, para juntas pensarmos em algo para ajudar as famílias em Viamão. Começamos com um grupo no Whats, que rapidamente já tinha mais de 20 famílias, e percebemos que não dava mais para esperar.

Em maio de 2019, fundamos a Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Viamão (AMAV). Começamos com palestras, oficinas para as mães, sessões de cinema adaptadas e eventos em espaços cedidos. Os apoiadores foram chegando. Hoje já temos mais de cem famílias cadastradas, recebendo apoio e orientação para serviços que necessitam. Conseguimos um espaço cedido para iniciar a nossa sede. É um começo. Ainda vamos conquistar muitas coisas! 

Quem quiser obter mais informações pode acessar o site amavviamao.org.br.”

DICA NA REDE 

Quer se inspirar ainda mais? Vai lá no instagram e procura @vivendo_tea . A rede social mostra a rotina e a criatividade da Miriam, mãe do Miguel, para desenvolver atividades para o filho que é autista. Depois me conta se não é pura inspiração!<!-- NICAID(14896160) -->
Miriam e MiguelFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Quer se inspirar ainda mais? Vai lá no instagram e procura @vivendo_tea. A rede social mostra a rotina e a criatividade da Miriam, mãe do Miguel, para desenvolver atividades para o filho, que é autista. Depois me conta se não é pura inspiração!

Recado da Cris

“Quando somos bons para os outros, somos melhores ainda para nós.” (Benjamin Franklin)


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros