Magali Moraes e a vida com legendas - Notícias

Versão mobile

 
 

Coluna da Maga13/09/2021 | 09h00Atualizada em 13/09/2021 | 09h00

Magali Moraes e a vida com legendas

Colunista escreve às segundas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e a vida com legendas Fernando Gomes/Agencia RBS
Magali Moraes Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Já reparou quantas séries e filmes hoje em dia estão ao nosso alcance (pagando assinatura, ok) pra assistirmos na hora em que a gente quiser? Esses serviços "on demand" mudaram os nossos hábitos de lazer. E trouxeram um novo sentido ao verbo maratonar. Atletas, a turma sedentária, todo mundo pode maratonar a sua série preferida e manter o fôlego. Até que a gente volte aos cinemas com tranquilidade, sem surtar em ambientes sem ventilação natural, o sofá de casa nos distrai.

Tava pensando em como a Netflix e suas concorrentes ampliaram os nossos horizontes. Se tem uma barreira que caiu foi a da língua. Encontramos séries nos mais variados idiomas. Podemos assistir a dramas em alemão, comédias em francês, suspenses em chinês, aventuras em espanhol, romances em coreano, filmes de terror em línguas onde os gritos são compreendidos sem a necessidade de legenda. E é aí que eu chego ao tema da coluna: as legendas. Ler legendas te cansa? Atrapalha?

Leia outras colunas da Maga

Origem

É só pegar o costume. O cérebro agradece esse exercício de concentração. Quando a gente assiste a séries estrangeiras, a experiência é mais completa no idioma de origem dos atores e de onde a história foi criada e realizada. Nada contra as dublagens, mas a emoção da cena fica levemente comprometida. Tenho aprendido várias palavras em línguas diferentes. Se no primeiro episódio o ouvido estranha, no terceiro a gente já nem lembra mais que o idioma é outro. A narrativa flui melhor. 

Agora imagina se as conversas da vida viessem sempre com legendas. Seria mais fácil entender pessoas que falam a mesma língua que a nossa, inclusive. Gente que fala, fala, fala mas não diz coisa com coisa. Talvez com legendas a gente pudesse entender algo. A própria pessoa poderia ler a legenda daquilo que está falando. Seria bem útil pra quem diz uma coisa e pensa outra (a gente que adivinhe). Voltando às legendas dos filmes e séries: faz o teste pra ver. E se sentir em outro país dentro de casa.  


 
 
 
 
 
 

Mais sobre

 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros