Porto Alegre começa a oferecer teste de HIV que pode ser feito em casa - Notícias

Versão mobile

 
 

 "A Hora é Agora"29/09/2021 | 15h34Atualizada em 29/09/2021 | 15h35

Porto Alegre começa a oferecer teste de HIV que pode ser feito em casa

Capital ocupa ranking com a maior taxa de detecção de aids e de HIV em gestantes em todo o país

Porto Alegre começa a oferecer teste de HIV que pode ser feito em casa Eduardo Pinzon / Agencia RBS/Agencia RBS
Foto: Eduardo Pinzon / Agencia RBS / Agencia RBS

A população de Porto Alegre conta com mais uma opção para fazer o teste de HIV. Trata-se de uma plataforma virtual que permite a autotestagem através do uso de kits que podem ser solicitados pela internet. O objetivo é ampliar o diagnóstico precoce do HIV entre os mais vulneráveis à infecção e, assim, encaminhar o tratamento. A capital gaúcha apresenta a maior taxa de detecção de aids no país. 

— Nossos boletins epidemiológicos apontam que, dos 20 municípios prioritários, oito estão na região metropolitana da capital gaúcha. Então, além dos grupos específicos, toda a população precisa ficar atenta e merece uma atenção especial aos cuidados com as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs)— explica o infectologista Gerson Fernando Mendes Pereira, diretor do Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis do Ministério da Saúde.

O lançamento do projeto ocorreu nesta quarta-feira (29) no Centro de Saúde Escola Murialdo. Estavam presentes autoridades sanitárias, como o secretário da Saúde de Porto Alegre, Mauro Sparta, a pesquisadora Marly Marques da Cruz, titular em saúde pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) e a médica Ana Carolina Santelli, representante do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, da sigla em inglês) no Brasil.

Os dados do Ministério da Saúde divulgados, em 2020, mostram que Porto Alegre é a capital com maior taxa de detecção de aids no país, a capital com maior taxa de detecção de HIV em gestantes e a capital com o maior coeficiente de mortalidade pela doença. A cidade apresentou taxa de 58,5 casos por 100 mil habitantes em 2019, valor superior ao dobro da taxa do Rio Grande do Sul e 3,3 vezes maior que a taxa do Brasil, que é de 22 óbitos por 100 mil habitantes.

— É um ranking que não nos orgulha. Por outro lado, entendemos que Porto Alegre tem muita testagem e controle sobre as infecções sexualmente transmissíveis. Os órgãos públicos estão ativos e enfrentando essa problemática. Essas questões ficaram, de certa maneira, represadas por conta da pandemia — declarou o secretário Mauro Sparta. 

Na capital, a população-chave são homens gays e outros homens que fazem sexo com homens, mulheres transexuais, travestis e profissionais do sexo. O diferencial da estratégia está na forma como será conduzida, garantindo o sigilo e a privacidade dos participantes. Com isso, a expectativa é de que a adesão seja maior. 

A Hora é Agora

O projeto foi lançado em Curitiba, em dezembro de 2014, visando à expansão da testagem rápida e gratuita anti-HIV entre as populações mais vulneráveis à infecção. Também está nas cidades de Campo Grande e Florianópolis. A ideia é promover a testagem rápida, detectar precocemente o vírus causador da aids e outras infecções sexualmente transmissíveis e iniciar rapidamente o tratamento. A ação pretende apoiar as pessoas diagnosticadas e que vivem com HIV para que sigam o tratamento, essencial para a qualidade de vida.

O financiamento é feito pelo Plano de Emergência do Presidente dos Estados Unidos para o Alívio da aids (PEPFAR), por meio do acordo de cooperação Ensp/Fiocruz, Fundação de apoio à Fiocruz (Fiotec) e dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos da América (CDC).

Como solicitar um teste

No site ahoraeagora.org os usuários poderão solicitar o kit de testagem e recebê-lo em casa, pelos Correios, de forma totalmente gratuita. Existe também a opção de retirá-lo em um armário digital, usando um código, de forma sigilosa. O armário está localizado no Shopping Total, que funciona das 10h às 22h. O usuário pode realizar o autoteste em casa ou onde mais se sentir confortável, pois ele é rápido, confiável, seguro, confidencial e de simples execução.

Em caso de resultado positivo, os participantes serão convidados a fazer o teste confirmatório no Centro de Saúde Murialdo. Confirmando a infecção, o usuário realizará todos os exames necessários e poderá iniciar o tratamento antirretroviral no mesmo dia do diagnóstico. A pessoa será vinculada a uma unidade de saúde e terá auxílio de um profissional da equipe do projeto A Hora é Agora.

  • Faça o cadastro no site ahoraeagora.org.  
  • Receba o kit de testagem em casa, pelos Correios, ou retire em armário digital no Shopping Total (av. Cristóvão Colombo, 545, bairro Floresta), no térreo, próximo à Caixa Econômica Federal, todos os dias, das 10h às 22h.
  • Em caso de resultado positivo, dirija-se ao Centro de Saúde Murialdo para dar início ao tratamento (Av. Bento Gonçalves, 3722 - Partenon), de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h.
  • O telefone de contato do projeto em Porto Alegre é o (51) 3289-5740.
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros