Trânsito é liberado no Viaduto dos Açorianos, no centro de Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 
 

Após um ano e quatro meses28/09/2021 | 08h38Atualizada em 28/09/2021 | 08h38

Trânsito é liberado no Viaduto dos Açorianos, no centro de Porto Alegre

Travessia estava interditada desde maio do ano passado para obras de recuperação estrutural

Trânsito é liberado no Viaduto dos Açorianos, no centro de Porto Alegre Lauro Alves / Agencia RBS/Agencia RBS
Por volta das 7h15min, o fluxo estava totalmente liberado Foto: Lauro Alves / Agencia RBS / Agencia RBS

Após um ano e quatro meses bloqueado, o trânsito foi liberado no Viaduto dos Açorianos, no centro de Porto Alegre, na manhã desta terça-feira (28). Agentes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) vão orientar os motoristas por tempo indeterminado no local.

Pouco depois das 7h, em um ato simbólico, os cavaletes que bloqueavam a travessia junto à Avenida Borges de Medeiros foram retirados pelo prefeito Sebastião Melo e por secretários municipais. Em seguida, os primeiros veículos começaram a circular no sentido Centro-bairro.

As autoridades, então, cruzaram o viaduto a pé e retiraram os equipamentos no sentido oposto. Por volta das 7h15min, o fluxo estava totalmente liberado (veja abaixo como fica o trânsito no local).

— Nós estamos agindo. Conseguimos liberar o viaduto, queremos liberar mais um trecho da Orla ainda em outubro e tivemos todo o processo (de desocupação) do "Esqueletão" (realizada no último fim de semana) concluído — disse Melo.

O secretário de Obras e Infraestrutura, Pablo Mendes Ribeiro, também esteve no local e ressaltou que, além da recuperação estrutural, foi revitalizado o entorno da construção.

— Entregaremos um Viaduto dos Açorianos com pintura, sinalização, passeios recuperados, nova iluminação com lâmpadas LED, e nova pavimentação. Vamos devolver o viaduto mais bonito e seguro — comentou.

Para o diretor-presidente da EPTC, Paulo Ramires, o transporte coletivo vai ganhar com a liberação do viaduto.

— Teremos uma diminuição no tempo das viagens nos horários de pico. Além de diminuir os custos com menos paradas, menos sinaleiras e menos curvas.

Com a liberação, as alças de acesso ao viaduto voltam a ter o sentido original. Dois semáforos foram desativados, e dois cruzamentos da Avenida Loureiro Silva, desfeitos. A EPTC alerta quem utiliza aplicativos de trânsito, que demoram alguns dias para atualizar as mudanças.

O que foi feito no local

A construção, localizada na Avenida Borges de Medeiros, recebeu recuperação de pilares e vigas, tratamento da armadura e do concreto, bem como de fissuras e rachaduras, reforço da viga longitudinal central e lajes de transição. Foram substituídos, ainda, os aparelhos de apoio, as juntas de dilatação e os drenos de escoamento de água. Foi a maior intervenção já realizada nos 47 anos do viaduto.

 Como vai ficar o trânsito

Os condutores que se deslocam no sentido Sul-Norte, pela Avenida Praia de Belas, podem cruzar a Avenida Loureiro da Silva pelo viaduto em direção ao Centro. Da mesma forma, veículos que vêm da região central da capital poderão seguir pela Avenida Borges de Medeiros em direção à Zona Sul.

Com a entrega da estrutura reformada, retornam ao fluxo original os itinerários do transporte coletivo e o fluxo das alças leste e oeste, que terão seu sentido invertido, retornando ao traçado anterior ao serviço de manutenção do viaduto, segundo informações da EPTC.

Os cruzamentos criados também serão desfeitos e os dois semáforos instalados para as alterações serão retirados.


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros