Bairro privativo consolida transformações da orla do bairro Cristal - Notícias

Versão mobile

 
 

Novo cenário na Zona Sul07/10/2021 | 09h08Atualizada em 07/10/2021 | 09h11

Bairro privativo consolida transformações da orla do bairro Cristal

Além de melhorias na mobilidade, empresa se compromete com a revitalização de trecho de aproximadamente 300 metros à beira do Guaíba

Bairro privativo consolida transformações da orla do bairro Cristal Mateus Bruxel / Agencia RBS/Agencia RBS
A Multiplan Empreendimentos prevê a construção de 18 prédios em uma área de 163 mil metros quadrados Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS / Agencia RBS
Jéssica Rebeca Weber
Jéssica Rebeca Weber

jessica.weber@zerohora.com.br

A área das antigas baias do Jockey Club virou canteiro de obras de um bairro privativo com sete condomínios de alto padrão, lançado nesta quarta-feira (6) na Capital. O Golden Lake e as contrapartidas a cargo da empresa responsável pelo projeto, a Multiplan Empreendimentos, devem concluir a transformação da orla no bairro Cristal, que iniciou há 13 anos, com a inauguração da Fundação Iberê Camargo e do BarraShoppingSul.

No ano que vem, deve ser entregue o complexo do Pontal, que terá hotel, shopping, centro de saúde e um parque público às margens do lago. Essas intervenções por pouco não se ligam aos trechos renovados da orla no centro da cidade, já que a área no entorno do Beira-Rio segue sem revitalização. Mas o Trecho 3, entre o Parque Gigante e a foz do Arroio Dilúvio, está prestes a ser entregue, com previsão de ser aberto no próximo dia 23.

Com o Golden Lake pronto, mais um trecho da orla estará disponível, desta vez construído com recursos do próprio empreendimento. O bairro privativo será restrito aos moradores dos condomínios, mas a empresa se comprometeu a revitalizar trecho da orla do Guaíba junto ao empreendimento, daí sim, aberto ao público. 

Ainda não há mais detalhes do que será feito nessa área de 30 mil metros quadrados entre o Centro de Treinamento da escolinha de futebol do Grêmio e o Iate Clube Guaíba, mas há a projeção de disponibilizar canchas de beach tennis. Não há prazo para a obra, no momento.

— A ideia é dar uma continuidade ao modelo concedido pelo Jaime Lerner (arquiteto responsável pelo urbanismo dos trechos 1, 2 e 3 da orla). Primeiro, queremos entregar melhorias provisórias, o quanto antes, para depois executar o projeto definitivo que a prefeitura está elaborando — diz o diretor Imobiliário da Regional Sul da Multiplan, Bruno Becker Vanuzzi.

O trecho tem aproximadamente 300 metros, divididos pelo Arroio Cavalhada. A empresa pretende colocar ecobarreiras ao longo do curso do arroio para evitar que o lixo escoe para o Guaíba. O projeto de urbanização desse novo trecho da orla será assinado pelo arquiteto Guilherme Takeda.

Como se trata de uma obra de grande impacto, com 18 prédios residenciais, as contrapartidas para a cidade incluem ainda melhorias em saúde, segurança, educação, saneamento, praças, entre outros (veja no infográfico abaixo).

Na mobilidade urbana, as principais intervenções serão a implantação de uma faixa adicional de tráfego na Avenida Icaraí, no sentido centro-bairro, e a duplicação de três quadras da Avenida Wenceslau Escobar. Inclui ainda a instalação de paradas de ônibus, ponto de táxi, travessia para pedestres e ciclovias.

O investimento total no Golden Lake e em melhorias na região deve chegar a R$ 2,5 bilhões.

Outros projetos e obras junto ao Guaíba

Pontal 

Estágio atual: inauguração prevista para 2022
Com mais de R$ 300 milhões em investimentos privados, o Pontal terá um parque público em harmonia arquitetônica com o restante da Orla circundando o empreendimento, que inclui um shopping, um hotel (Hilton), um hub de saúde, um centro de eventos e convenções e uma torre de escritórios. 

Torres do Beira-Rio 

Estágio atual: em discussão
O Inter deseja construir duas torres para fins comerciais e/ou residenciais ao lado do estádio, na Rua Fenando Lúcio da Costa. A maior delas, com até 130 metros, seria o edifício mais alto do Estado e teria um mirante público. Como o terreno do Beira-Rio foi doado pelo município, é necessário autorização da Câmara Municipal. A prefeitura sinalizou apoio ao projeto, mas mediante contrapartidas robustas.

Trecho 3 da Orla

Estágio atual: inauguração prevista para 23 de outubro
Revitalização do trecho de 1,6 quilômetro entre a foz do Arroio Dilúvio e o Parque Gigante. Dedicado a esportes, o trecho terá pista de skate, 27 quadras poliesportivas e uma escadaria de vegetação. 

Trecho 2 da Orla

Estágio atual: elaboração do edital
Após ter edital de concessão adiado em 2020, a nova gestão da prefeitura abortou a ideia de uma roda gigante no trecho entre a Rótula das Cuias e a foz do Arroio Dilúvio. A prefeitura deve lançar em breve um novo edital. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros