BR-116 tem bloqueio total no sentido Capital-Interior para obras na ponte sobre o Rio dos Sinos - Notícias

Versão mobile

 
 

São Leopoldo01/10/2021 | 11h19Atualizada em 01/10/2021 | 11h20

BR-116 tem bloqueio total no sentido Capital-Interior para obras na ponte sobre o Rio dos Sinos

 Condutores terão de realizar desvios que tornam o caminho mais longo

BR-116 tem bloqueio total no sentido Capital-Interior para obras na ponte sobre o Rio dos Sinos Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Motoristas precisam realizar desvios para seguir para Novo Hamburgo Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS

A BR-116 foi totalmente bloqueada por volta da 0h desta sexta-feira (1º), no sentido Capital-Interior. A interrupção — a partir do km 246,9 — é devido a obras de ampliação da ponte sobre o Rio dos Sinos, em São Leopoldo.

Em razão dos bloqueios, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) orienta que, se puderem, motoristas adiem a viagem. Se não for possível, os condutores terão de realizar desvios que tornam o caminho mais longo (veja no mapa abaixo).

No sentido Capital-Interior, o tráfego deve permanecer interrompido até as 6h de segunda-feira (4). No sentido contrário, para quem vai em direção a Porto Alegre, serão feitas interrupções momentâneas na rodovia, das 15h às 21h de sexta, e das 22h de sábado até as 7h de domingo.

No começo da manhã desta sexta já havia registro de congestionamento no local. O desvio pela Avenida Getúlio Vargas — paralela à BR-116 — tem lentidão entre Sapucaia e São Leopoldo. O acesso ao centro da cidade, rota para contornar o município e retornar à rodovia federal, também apresenta lentidão.

Alternativas aos motoristas

Segundo a PRF e o Dnit, para se deslocar de Caxias do Sul ou de Bento Gonçalves para Porto Alegre, por exemplo, a recomendação é utilizar a BR-470, RS-124 e BR-386, passando por Montenegro e Nova Santa Rita. Já quem tem como origem ou destino a Região das Hortênsias pode optar por viajar pela RS-020, RS-118 e BR-290 (freeway), passando por Taquara. Entre o Vale do Sinos e o Litoral, a recomendação é utilizar a RS-239, RS-474 e BR-290 (freeway).

A interrupção no trecho será necessária para o içamento de 32 vigas pré-moldadas das novas pontes do Rio dos Sinos. As peças, que tem 20 metros de comprimento e 25 toneladas cada, serão instaladas na construção sobre o rio, no km 245 da rodovia. Depois  dessa etapa, os serviços das travessias no local vão chegar a 75% de execução. As estruturas — que compõem o complexo de pontes sobre o canal principal do rio — devem ser concluídas no primeiro semestre de 2022. Abaixo, veja estradas alternativas nos mapas.

Com registro de fluxo médio de 140 mil veículos por dia e lentidão mesmo em situações normais, a expectativa do Dnit e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é de grandes congestionamentos durante a obra. Conforme o engenheiro do Dnit, Carlos Alberto Garcia Vieira, mesmo que seja ruim para quem irá viajar no fim de semana, o bloqueio durante esses dias foi a melhor alternativa encontrada:

— Apesar de a interrupção atrapalhar o fim de semana de quem vai para a Serra, a gente optou por não interromper o deslocamento de veículos de carga pesada, que normalmente ocorrem no começo da semana. Na segundas, por exemplo, tem muita subida de carga pesada para a Serra e demais municípios.

Os trabalhos acontecem mesmo com chuva. Se ela se intensificar, tiver vento forte ou queda de raios, o trabalho deve ser suspenso. O bloqueio e o desvio, no entanto, permanecem na rodovia, já que o guindaste não será removido do trecho.

As obras das duas travessias foram iniciadas em março deste ano. Ao todo, serão construídas quatro novas pontes, paralelas às existentes, duplicando o número de faixas de trânsito de duas para quatro por pista na BR-116, junto ao rio. Serão duas pontes sobre o canal principal e outras duas na várzea do Rio dos Sinos. Este ponto é considerado um dos principais gargalos no tráfego do trecho metropolitano da rodovia.

BR-116 bloqueada<!-- NICAID(14903463) -->
Congestionamento registrado no trecho por volta das 6h30min desta sexta-feiraFoto: Tiago Boff / Agencia RBS

Desvios no local da obra (Capital-Interior)

A partir das 22h desta quinta-feira e até 6h de segunda, quem estiver no sentido Capital-Interior da BR-116 e precisar seguir em direção a Novo Hamburgo, deverá usar desvios que foram criados por dentro de São Leopoldo. No entanto, há restrição de altura para os veículos de até 4,5 metros:

  • Os motoristas devem sair da BR-116 ao chegar no km 246,9, logo após o viaduto sobre a Avenida João Corrêa, e acessar a via lateral – Avenida Getúlio Vargas, e, na sequência, ingressar na Rua Dom João Becker
  • veículos leves podem dobrar à esquerda já na Rua Caxias do Sul e seguir reto até a saída para a BR-116 (linha rosa no mapa)
  • Veículos pesados devem seguir pela Rua Dom João Becker (linha roxa no mapa), virar à esquerda na Rua São Joaquim (ao lado do ginásio municipal), que estará em sentido único, cruzar o rio e seguir em frente pela via, que se transforma em Rua Doutor Hillebrand. Depois, virar à esquerda na Rua Ferraz de Abreu e converter à direita na Rua Caxias do Sul para sair na BR-116. Veículos leves também podem fazer esse trajeto.
  • A Avenida Mauá (linha laranja) é outra alternativa para veículos leves e pesados. Pode ser acessada pelas avenidas Unisinos, João Corrêa ou Rua Dom João Becker.

Interrupções momentâneas (Interior-Capital)

  • Das 15h às 21h de sexta: lançamento de oito vigas no sentido Interior-Capital, com interrupções momentâneas nesse sentido. Serão oito paradas de 15 minutos cada e com intervalos, em média, de 25 minutos de tráfego liberado
  • Das 22h de sábado até as 7h de domingo: lançamento de 12 vigas da ponte sobre o Rio dos Sinos no sentido Interior-Capital,  com interrupções momentâneas na pista desse sentido. Ao todo, serão 12 interrupções de 15 minutos cada e com intervalos, em média, de 25 minutos de tráfego liberado


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros