Cris Silva: "Era hobby, virou negócio!" - Notícias

Versão mobile

 
 

Posso Entrar?29/10/2021 | 08h00Atualizada em 29/10/2021 | 08h00

Cris Silva: "Era hobby, virou negócio!"

Colunista traz histórias inspiradoras de vida e trabalho todas as sextas-feiras

Cris Silva: "Era hobby, virou negócio!" Agência RBS/Agência RBS
Cris Silva Foto: Agência RBS / Agência RBS

Começar um novo negócio, apostar que paixão pode virar renda principal, requer força de vontade e coragem. Eu penso que a coragem vai crescendo dentro da gente devagarzinho, pelo incentivo de quem nos ama e por nossa própria motivação. Foi assim com a Lu, moradora da Vila Ipiranga, em Porto Alegre, pedagoga que trocou os cursos e palestras pelas aulas de costura infantil.
Com vocês, Luciana França, 47 anos e proprietária da Lulu Puiu, ateliê de costura para crianças.

Leia outras colunas da Cris Silva

FOI ASSIM

“Eu sou pedagoga empresarial, trabalhava com formação e desenvolvimento humano. A costura e o ‘feito a mão’ sempre estiveram em minha vida. Mas transformar isso em minha atividade principal e fonte de renda aconteceu junto com a chegada dos filhos. Já na espera do Frederico, hoje com 17 anos, eu fiquei muito tempo em repouso. A salvação para a cabeça foi me distrair com essas habilidades. Foi o primeiro aviso que o hobby poderia virar negócio.”

Luciana França, 47 anos e proprietária da Lulu Puiu, ateliê de costura para crianças.<!-- NICAID(14925995) -->
Com as tesourasFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

PAIXÃO VIROU NEGÓCIO

“A Annita, minha segunda filha, estava na escolinha e não ganhava peso devido à intolerância à lactose. Sofria por estar longe dos filhos. E esse formato de trabalho em que faço o que sei e gosto e, ainda, posso conviver com eles era meu projeto de vida.”

O MAIS DIFÍCIL

“Foram muitas as pessoas importantes nesse período: marido, pediatra, terapeuta, amigas. Mas o mais difícil foi furar a bolha. Sempre lembro desse termo. Era assim que me sentia, numa bolha. É quase como romper a placenta! É fazer nascer. Envolve medo do erro, exposição, julgamentos. Mas foi. Nasceu.”

MINHA INSPIRAÇÃO

“Minha mãe ficou viúva aos 32 anos, com três filhas pequenas para educar. Não tinha profissão formal, mas sempre foi habilidosa e empreendedora. Nos anos 1980, montou um ateliê de reforma e costura de roupas na Zona Sul e nos proporcionou muito, além do estudo.”

Luciana França, 47 anos e proprietária da Lulu Puiu, ateliê de costura para crianças.<!-- NICAID(14925996) -->
Crianças no focoFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

MEU PROPÓSITO

“Tocar o maior número de corações que conseguir, mostrando que temos tudo em nossas mãos. É ter um olhar para o aprendizado com afeto, diversão e criatividade. É mais que uma aula de costura criativa, é incentivar o quanto cada um é único e precisa se conhecer para aflorar suas potencialidades.”

FEIRA NO CLIMA HALLOWEEN 

Neste domingo, 31 de outubro, tem mais uma Feira Empreendedoras Restinga. E, nesta edição, as gurias vão entrar no clima do Halloween. Prepara a fantasia e aparece lá para prestigiar os produtos, se divertir e comer muitas delícias. Será na Avenida Macedônia, das 10h às 18h.

Recado da Cris

“Comece. Não espere pela coragem, ela te encontra no caminho.”


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros