Datena nega saída de emissora para concorrer à Presidência: "Fake news" - Notícias

Versão mobile

 
 

Depois da repercussão15/10/2021 | 08h36Atualizada em 15/10/2021 | 08h43

Datena nega saída de emissora para concorrer à Presidência: "Fake news"

Apresentador do programa "Brasil Urgente" desmentiu informações e afirmou que só sairá da TV "em último caso"

Datena nega saída de emissora para concorrer à Presidência: "Fake news" ERNESTO RODRIGUES / AGE / ESTADÃO CONTEÚDO/AGE / ESTADÃO CONTEÚDO
Apresentador do "Brasil Urgente", da TV Bandeirantes, José Luiz Datena Foto: ERNESTO RODRIGUES / AGE / ESTADÃO CONTEÚDO / AGE / ESTADÃO CONTEÚDO
GZH
GZH

O apresentador do Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, José Luiz Datena, negou que esteja de saída da emissora para concorrer à Presidência da República em 2022. Ele afirmou que, mesmo que deixasse o canal, seria em último caso, três meses antes do pleito, de acordo com o prazo estipulado pela Justiça Eleitoral. 

— Quero dizer que é mentira que vou sair da Bandeirantes para concorrer à eleição. Mesmo porque, se eu tiver que deixar a TV para concorrer, só em último caso mesmo em cargo executivo. Eu deixaria a TV perto das eleições, como qualquer trabalhador brasileiro em prazo regulamentar — falou Datena nesta quinta-feira (14) ao programa Manhã Bandeirantes, da rádio da emissora (veja no post abaixo).

Em tom incisivo, o apresentador ainda criticou as pessoas que, segundo ele, têm espalhado "fake news" sobre o assunto.

— Essa praga do fake news tem que acabar. Tem muita gente que não quer me ver aqui para eu não descer o cacete em todo mundo — afirmou.

Recentemente, Datena se filiou ao PSL, partido que se fundiu com o DEM para dar origem ao União Brasil. Otimista, ele afirmou no Manhã Bandeirantes que surge no cenário político para desfazer a polarização entre direita e esquerda.

— Se tiver prévia, eu vou e ganho dos caras. E se eu sair candidato, se cuidem aí os polarizados, porque eu vou despolarizar essa bagaça aí, só tenho uma intenção ao entrar para a política: o interesse público — disse.

 
 
 
 
 
 

Mais sobre

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros