Prefeitura de Porto Alegre abre edital para adoção do Sítio do Laçador - Notícias

Versão mobile

 
 

Em busca de parcerias30/11/2021 | 09h01Atualizada em 30/11/2021 | 09h03

Prefeitura de Porto Alegre abre edital para adoção do Sítio do Laçador

Empresas interessadas em adotar o espaço pelo período de dois anos deverão formalizar suas propostas até 5 de janeiro de 2022

Prefeitura de Porto Alegre abre edital para adoção do Sítio do Laçador Mateus Bruxel / Agencia RBS/Agencia RBS
Estátua foi removida no final de setembro para restauração Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS / Agencia RBS
GZH
GZH

A prefeitura de Porto Alegre receberá propostas para a revitalização e manutenção do Sítio do Laçador a partir desta segunda-feira (29). Empresas interessadas em adotar o espaço pelo período de dois anos deverão formalizar suas propostas até 5 de janeiro de 2022.

O edital foi publicado no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa). As propostas deverão conter o modelo paisagístico proposto pelo adotante. Além do embelezamento do local, é exigido um projeto que não altere a natureza do Sítio do Laçador, localizado em frente ao primeiro terminal do Aeroporto Internacional Salgado Filho, na Avenida Zaida Jarros (BR-116).

Esta é mais uma contribuição da sociedade para uma Porto Alegre mais alegre, mais limpa e mais bonita — afirma a secretária de Parcerias, Ana Pellini.

Como contrapartida, o adotante poderá inserir sua marca no local e usar em suas peças publicitárias os dizeres “Uma empresa parceira de Porto Alegre”, acompanhada do brasão oficial do município. Poderá ainda ser instalada identificação contendo as melhorias implementadas no tamanho de até 42 centímetros por 29,7 centímetros. 

A análise das propostas será feita por uma comissão julgadora formada por integrantes das pastas de Parceria, Cultura, Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade e Gabinete do Prefeito.

Para o diretor de Parcerias Comunitárias da Secretaria Municipal de Parcerias, Pedro Meneguzzi, o Laçador representa a história e a cultura do RS.

— O Laçador é muito querido da nossa cidade e não estava tendo a atenção que merece. Nossa ideia é conseguir devolver o seu protagonismo para Porto Alegre — ressalta.

A estátua foi removida no final de setembro para restauração. A obra já teve o concreto retirado da parte interna e está recebendo uma estrutura em aço inox para manter a estabilidade. A expectativa é de que a peça criada por Antonio Caringi retorne ao seu sítio de origem até o Natal.  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros