Cris Silva: "Mãe, eu acredito em você" - Notícias

Versão mobile

 
 

Posso Entrar?21/01/2022 | 08h00Atualizada em 21/01/2022 | 08h53

Cris Silva: "Mãe, eu acredito em você"

Colunista traz histórias inspiradoras de vida e trabalho todas as sextas-feiras

Cris Silva: "Mãe, eu acredito em você" Agência RBS/Agência RBS
Cris Silva Foto: Agência RBS / Agência RBS

Pode ser que, no exato momento em que lê esta coluna, você também esteja numa situação de indecisão sobre mudança no trabalho. Afinal, é bem comum ter essa dúvida em alguma fase da vida. E acho que a pandemia acelerou os questionamentos. Não tem problema algum mudar, faz parte. A Michele decidiu mudar, e o medo chegou. Só que, junto desse temor, veio uma frase perfeita de quem tem um poder gigante de nos fazer arriscar: nossos filhos. 

Hoje, a porto-alegrense Michele Clemoni Britto, 41 anos, do bairro Glória, mãe da Luiza e do Zucky (na barriga), é proprietária da Morena Sul, loja de confecção própria de apliques para cabelos.

Leia outras colunas da Cris Silva

FOI ASSIM

Pode ser que, neste exato momento, enquanto lê esta coluna, você também esteja numa situação de indecisão sobre mudança no trabalho. Afinal, é bem comum ter essa dúvida em alguma fase da vida. E acho que a pandemia acelerou esses questionamentos em alguns casos. Não tem problema algum mudar, faz parte. A Michele decidiu mudar, o medo chegou. Só que, junto desse temor, veio a frase perfeita de quem tem um poder gigante de nos fazer arriscar, nossos filhos. Mãe, eu acredito em você. Vai lá e tenta. Palavras transformadores da sábia Luiza, 12 anos. Ela foi, e, hoje, a porto-alegrense Michele, 41 anos, moradora do bairro Glória, mãe da Luiza e do Zucky (na barriga), é proprietária da Morena Sul, loja de confecção própria de apliques para cabelos.<!-- NICAID(14993568) -->
Empoderada!Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

“Antes de eu entrar no mundo dos cabelos, tive durante dez anos uma loja física de moda feminina, com marca própria. Na pandemia, as coisas ficaram difíceis. Fiquei muito desacreditada e achei que não seria capaz de ter outra renda. Tive que procurar outra coisa, eu já não conseguia manter a loja física com todos os custos e, nos cabelos, vi a oportunidade de continuar fazendo algo que gosto muito, com custos menores.”

É POSSÍVEL

“Tenho uma filha de 12 anos, a Luiza, e estou grávida de sete meses do Zucky. Então, pela própria necessidade de mudar meu visual e pela facilidade, resolvi apostar na confecção de rabos de cavalo orgânicos. Tudo isso aconteceu durante a pandemia. Achava que não seria capaz de ter outra profissão, foi aí que me enganei e até me surpreendi com a capacidade que todos temos de resiliência, de acreditar que é possível.”

MINHA INSPIRAÇÃO

“São as mulheres em geral. Saber que, de alguma forma, ajudo na elevação da autoestima e empoderamento delas. E meu propósito é levar autoestima através dos cabelos, dar mais liberdade e confiança para serem a mulher que desejarem ser. Nesse processo de mudança de trabalho, eu tive o apoio do meu marido e da minha filha, que disse ‘Mãe, eu acredito em você. Vai lá e tenta’.”

" alt="Pode ser que, neste exato momento, enquanto lê esta coluna, você também esteja numa situação de indecisão sobre mudança no trabalho. Afinal, é bem comum ter essa dúvida em alguma fase da vida. E acho que a pandemia acelerou esses questionamentos em alguns casos. Não tem problema algum mudar, faz parte. A Michele decidiu mudar, o medo chegou. Só que, junto desse temor, veio a frase perfeita de quem tem um poder gigante de nos fazer arriscar, nossos filhos. "Mãe, eu acredito em você. Vai lá e tenta". Palavras transformadores da sábia Luiza, 12 anos. Ela foi, e, hoje, a porto-alegrense Michele, 41 anos, moradora do bairro Glória, mãe da Luiza e do Zucky (na barriga), é proprietária da Morena Sul, loja de confecção própria de apliques para cabelos."/>
Michele tem confecção própria de apliquesFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

DAQUI PRA FRENTE

“No começo não foi fácil, tive medo porque parei de revender e tive que começar eu mesma a fabricar os próprios cabelos. Então foquei na fabricação. Daqui pra frente, quero ser reconhecida pelo meu trabalho e pelo amor que eu tenho por ele. Através disso conquistarei o restante.” 


RECADO DA CRIS

“A mudança que você quer está na decisão que você toma.”


Quer ir pra Feira?

Tem uma marca autoral, criativa e inovadora? Então, te joga na Renova Feira Autoral, que será em fevereiro no Shopping Paseo, na Zona Sul. As vagas são limitadas, e quem tiver interesse pode obter mais informações pelo WhatsApp (51) 98934-0605. 

Saiba mais

Feira Renova Autoral
/// Quando: 12 de fevereiro (sábado), das 13h às 20h
/// Onde: Shopping Paseo Zona Sul (Av. Wenceslau Escobar, 1.823, bairro Tristeza)


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros