Magali Moraes: xô, Ômicron - Notícias

Versão mobile

 
 

Coluna da Maga14/01/2022 | 09h00Atualizada em 14/01/2022 | 09h00

Magali Moraes: xô, Ômicron

Colunista escreve às segundas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes: xô, Ômicron Fernando Gomes/Agencia RBS
Magali Moraes Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Positivo, só o pensamento. A palavra do ano já é NEGATIVO (e suas variantes negativado, negativou, não reagente). O que era pra ser o verão do festerê tá sendo o do cancelamento: cancela planos, cancela viagem, cancela visita, cancela junção de seres humanos. Nosso Natal quase foi cancelado porque estávamos aguardando justamente um negativo. Eu assando dois perus sem saber se ia ter ceia junto ou separado. Ainda com taquicardia, sentamos à mesa pra comer. Que presentão estarmos juntos e bem.

O problema não é de agora. A coisa complicou em dezembro, quando a versão Ômicron da covid encontrou as festas de final de ano. Frio e neve no Hemisfério Norte, suor e calorão aqui no Hemisfério Sul. E todos nós – de novo – tensos com a nova variante e a volta do distanciamento. Esta semana, o RS teve 10 mil casos confirmados em um único dia. Os tarados por vacina estão impedindo a internação em massa. Mas o necessário isolamento bagunça as nossas rotinas e abala o emocional. 

Leia outras colunas da Maga

Trilogia

Como sempre, o bom humor dos brasileiros ajuda a aliviar a tensão. Seria 2020 uma trilogia, com três anos de caos? Outra boa: "Eu estou evitando o vírus ou é ele que está me evitando?". A lista de memes é grande e atualiza a cada minuto na internet. Somos ninjas fugindo do bicho. Falando nisso, fuja também das fake news (que seguem viralizando). Tudo indica que o ano inteiro será igual. Um repeteco do passado recente, o susto alternando com o alívio a cada resultado negativo.

Nunca vi tantos conhecidos com covid ao mesmo tempo. Sem falar na H3N2. O altíssimo nível de contágio derrubou até os profissionais da saúde. Então só nos resta redobrar os cuidados e não baixar a guarda. Sabe as lembrancinhas que dão em aniversário de criança e em casamento? As festas de réveillon foram assim, só que todo mundo ganhou covid na saída (idem os familiares). Logo mais é Carnaval. Melhor adiar a folia pra não entrar no bloco da Ômicron. Xô, vírus.


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros