Procura cresce na Capital e no Litoral, e farmácias começam a ficar sem testes de covid-19 em Capão da Canoa - Notícias

Versão mobile

 
 

Em alerta04/01/2022 | 08h36Atualizada em 04/01/2022 | 08h37

Procura cresce na Capital e no Litoral, e farmácias começam a ficar sem testes de covid-19 em Capão da Canoa

Procura por atendimento médico relacionado à covid-19 também aumentou nas praias a partir das festas de fim de ano; confira onde buscar os exames

Procura cresce na Capital e no Litoral, e farmácias começam a ficar sem testes de covid-19 em Capão da Canoa Marcelo Casagrande / Agencia RBS/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS / Agencia RBS

Tanto em Porto Alegre, quanto no Litoral Norte, a procura de testes diagnósticos para covid-19 vem aumentando nas semanas mais recentes. Hospitais tiveram aumento na procura pelo exame, enquanto redes de farmácias chegaram a suspender o serviço por falta de estoque para atender a clientela. 

Com o grande número de pessoas no Litoral Norte, por exemplo, nesta segunda-feira (3),  farmácias de Capão da Canoa se deparam com um aumento da procura por testes de covid-19. A reportagem de GZH visitou, nesta tarde, cinco farmácias. Dentre as três unidades da rede São João, apenas uma, a 24h – localizada na Avenida Paraguassu – estava agendando testes para as próximas horas. Nas outras duas, as unidades para testagem terminaram durante o fim de semana, e funcionários estão anotando os nomes de interessados para uma espécie de lista de espera.

— A partir do Natal, a demanda por testes e o número de positivos aumentaram bastante. Chegamos a fazer, em média, 100 testes por dia e, ontem (domingo), a frequência de positivos chegou a 70%. Algumas filiais até receberam mais testes, mas já estão se esgotando rapidamente. Por isso estamos anotando os nomes das pessoas interessadas, para entrar em contato assim que recebermos – conta Gustavo Bochi, gestor farmacêutico de uma das unidades da São João.

Nas duas unidades da Panvel visitadas pela reportagem, os testes nasais para covid-19 terminaram – apenas os atendimentos agendados estavam sendo feitos. Em uma delas, restavam menos de dez unidades do teste oral, que demanda sete dias de sintomas para que possa ser realizado, segundo funcionários.

— A procura (por testes) aumentou no Natal, mas o pico foi no Reveillón. Para hoje (esta segunda-feira, dia 3) ainda estamos fazendo os agendados, mas para amanhã (terça) já não tem mais – explica a subgerente da unidade, Lidiane Lemos.

Em uma das unidades da Panvel, Elisa Carlaca, 32 anos, tentava comprar um teste para o marido, Carsiano, 42, que está com sintomas gripais. Gestante, ela se preocupa com a saúde do companheiro:

— Estamos vindo desde Xangri-lá e não encontramos nenhuma farmácia com testes. E dizem que não tem previsão. Na rede pública ainda não tentamos, mas é tanta gente procurando que, se a pessoa não está com covid, pode pegar.

Por meio da assessoria de imprensa, a rede Panvel informou que trabalha para a reposição dos estoques e ampliação da capacidade de atendimento. A Panvel destaca que as lojas do Litoral "já reposicionaram seus estoques, e as lojas de Porto Alegre e grande Porto Alegre terão reposição esta semana". Neste período de alta demanda e até que os estoques se normalizem, a empresa optou por não fazer a venda dos testes pelo site.

Já a rede São João orienta que os clientes entrem em contato com a loja mais próxima para consultar a disponibilidade de testes, pois a reposição dos estoques é diária. 

Porto Alegre

Na Capital, hospitais e laboratórios também estão registrando aumento na procura por testes de covid-19. No São Lucas da PUCRS, foram 10% nas duas semanas mais recentes. No Hospital Santa Casa, houve um aumento de 46% na procura pelo teste nos últimos 20 dias, subindo de 95 exames por dia para 140 diários, em média. Segundo a instituição, os motivos para a alta são viagens e pacientes que estão apresentando sintomas sugestivos de covid-19.

Em dezembro de 2021, na rede Weinmann, houve um aumento de 38% na realização de testes com relação ao mês anterior.

Busca por atendimento

Na Unidade de Pronto-Atendimento 24h de Capão da Canoa, responsável por atender casos suspeitos de covid-19 na rede pública, mais de 20 pessoas aguardavam do lado de fora do prédio somente no local destinado a casos da doença. A partir da rua, era possível ver o telão do lado de dentro, que a todo o momento indicava a chamada de novos pacientes para testes.

A enfermeira Thayra Abadie, 28 anos, chegou com a mãe, Teresinha, 58, por volta das 11h. Pouco depois das 15h30min, ela ainda aguardava atendimento.

— Minha mãe já alcançou os 39 graus de febre duas vezes. Estamos aguardando atendimento para ela, mas ela nunca é chamada, só passou pela triagem. Ela está com sintomas gripais. Eu não estou, mas estou aqui no meio para não deixá-la sozinha – conta.

O secretário de Saúde da cidade, Josiel Matos, reconhece que a procura por atendimento relacionado à covid-19 aumentou a partir das festas de fim de ano. A prefeitura tenta contratar mais profissionais de saúde para facilitar o atendimento – o objetivo é aumentar de quatro para cinco médicos por dia.

— Assim como outros municípios do Litoral, queremos aumentar o número de profissionais de saúde para o verão, mas há pouca oferta. Notamos que a demanda está aumentando muito desde a virada do ano, e a grande maioria dos pacientes não é morador do município. A boa notícia é que, com a vacinação, não há tantas internações.

A reportagem de GZH também visitou a Vidamed, clínica que atende pacientes via convênios, como a Unimed, ou de forma particular. Conforme o proprietário, o médico Rodney Zinn de Carvalho, quase 200 testes foram feitos na última semana, entre covid-19 e influenza. Os testes rápidos acabaram no último sábado e ainda estavam em falta na tarde desta segunda, mas ainda é possível fazer o PCR para covid pela Unimed.

— Vemos casos positivos de famílias inteiras, grupos de amigos que foram para festas. A maioria das consultas aqui é por síndrome gripal. Mas são casos de menor gravidade por conta da vacinação, já que a maior parte dos pacientes estava vacinada — relata.

Nos hospitais do Litoral Norte, no entanto, não há crescimento no número de internações ou em UTIs. No Santa Luzia, em Capão, os casos de síndrome gripal aumentaram na emergência que atende via convênios, mas há apenas um caso suspeito de covid-19 em UTI e um caso suspeito na enfermaria, conforme atualização na tarde desta segunda.

No Nossa Senhora dos Navegantes, em Torres, os números desta tarde apontavam sete pacientes internados com a doença. Já no Hospital Tramandaí, a Fundação Hospitalar Getúlio Vargas informou que havia dois casos suspeitos internados na UTI e um caso suspeito em leitos de internação. Conforme o gerente administrativo, Roger Esteves, a demanda por atendimentos de pacientes com sintomas gripais aumentou após o Natal, mas sem impacto na internação – embora o Hospital Tramandaí espere uma procura ainda maior nos próximos dias. 

Confira onde fazer os testes:

Hospital São Lucas da PUCRS

  • Endereço: Avenida Ipiranga, 6.690.
  • Não é necessário agendamento prévio. Mais informações pelo Whats (51) 98681-9381.
  • Testes oferecidos:

RT- PCR covid-19

  • Material: swab nasofaríngeo
  • Valor: R$ 220
  • Prazo: até 48h
  • Laudo em português, inglês ou espanhol

Rápido antígeno covid-19

  • Imunocromatográfico
  • Material: swab nasal
  • Valor: R$ 110
  • Prazo: 1h
  • Laudo em português e inglês

Teste sorológico IgG

  • Quimioluminescência
  • Material: sangue
  • Valor: R$ 150
  • Prazo: 24h

Teste rápido Influenza A/H1N1 e Influenza B

  • Imunocromatográfico
  • Material: swab nasal
  • Valor: R$ 110
  • Prazo: 1h

Hospital Santa Casa

  • O teste realizado é RT-PCR para covid-19, com valor de R$ 250.
  • O resultado sai em até 24 horas.
  • O agendamento deve ser realizado através do WhatsApp: (51) 999605443.

Weinmann

  • Tem os seguintes testes disponíveis: RT-PCR convencional, teste molecular rápido,  Antígeno, RT-PCR na saliva, sorologia por pesquisa de anticorpos IgG e totais e sorologia por pesquisa de anticorpos neutralizantes.
  • Não é necessário agendar para coleta dentro das unidades, o agendamento é necessário apenas para a coleta domiciliar.
  • Os clientes que já realizaram PCR ou Sorologia para detecção da Covid-19 no Weinmann terão 20% de desconto para a realização de um novo exame de sorologia por pesquisa de anticorpos IgG e totais, caso seja necessário. Desconto não acumulativo.
  • Os testes podem varias de R$ 170 a R$ 450, dependendo do tipo e urgência.
  • Mais informações pelo fone (51) 3314-3838 ou neste link.

Panvel

  • Oferece testes rápidos do tipo Antígeno (AG), com opções oral e nasal para realização em loja, com resultado em até 15 minutos. O valor do teste é R$ 89.
  • O resultado é disponibilizado em 15 minutos. A indicação é que a coleta seja realizada 48 horas após o início dos sintomas ou contato com casos suspeitos. Confira as lojas que fazem a venda do teste neste link.
  • Neste período de alta demanda e até que os estoques se normalizem, a empresa optou por não fazer a venda dos testes pelo site.

Farmácias São João

  • Realizam testes de antígeno em diversas unidades de Porto Alegre. No Litoral Norte, algumas farmácias da rede estão ficando com o contato dos clientes para informar quando haverá o teste.
  • O valor é de R$ 100 e o resultado sai em 15 minutos
  • Endereços: diversos neste link 
  • A rede orienta que os clientes entrem em contato com a loja mais próxima para consultar a disponibilidade de testes.

Unimed

  • A Unimed Porto Alegre oferece teste RT PCR e sorologia.
  • Em POA e região metropolitana, o laboratório Unimed disponibiliza atendimento por ordem de chegada. Coleta na unidade Carlos Gomes (Rua João Caetano, 207, das 7h às 19h), Unidade zona sul, (Wenceslau Escobar, 2320) e na unidade assistencial Canoas (Av. Getúlio Vargas, 5600 – Centro)  no turno da tarde, com hora marcada.
  • No Litoral Norte, o laboratório Unimed disponibiliza atendimento por ordem de chegada em janeiro – de segunda a sexta feira, Clínica VIDAMED, Rua Tiaraju, 638, em Capão da Canoa. Pacientes Unimed com pedido médico online ou em papel devem se dirigir ao serviço para avaliação da cobertura e elegibilidade, coletarão na hora sem necessidade de agendamento. Pacientes que necessitam de atendimento médico para avaliação devem buscar o serviço para solicitar o atendimento. Sendo necessário, será feita a coleta. A clínica também atende clientes particulares. O valor particular de RT PCR para detecção de covid é de R$ 220, com resultado em até dois dias úteis. O valor de RT PCR para viagem 24h (laudos em inglês ou espanhol) é de R$ 270.
  • Exames RT PCR com objetivo de viagem são ofertados na unidade Carlos Gomes, das 7h às 11h30min, para resultados liberados no mesmo dia. Após este horário, resultado liberado no dia seguinte.
  • Na unidade litoral – os exames para viagem são liberados sempre no dia seguinte.
  • Exames sorológicos para covid-19 são disponibilizados em todas as unidades para clientes Unimed e particular. O valor particular é de R$ 120.

Hospital Mãe de Deus

  • RT PCR covid: R$ 360 (resultado em 48 horas)
  • RT PCR covid rápido: $ 450 (resultado em 12h)
  • Agendamento através da Central: (51) 3230-6000
  • Pacientes que chegam pela Emergência podem realizar o teste sem agendamento. Porém, há cobrança pela consulta e pelo teste.

Postos de saúde da Capital

  • A Secretaria de Saúde de Porto Alegre oferece testes rápidos de antígeno para detecção da doença, que podem ser feitos em 31 unidades de saúde da Capital (confira no site). Ele é realizado, de preferência, entre o terceiro e o quinto dia após o início dos sintomas. Os pacientes devem passar por avaliação clínica antes e, se houver indicação, serão encaminhados para testagem na própria unidade. Os resultados saem em aproximadamente 15 minutos.
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir