Unidade móvel realiza testagem de covid-19 em Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 
 

Ampliação do serviço18/01/2022 | 08h52Atualizada em 18/01/2022 | 08h53

Unidade móvel realiza testagem de covid-19 em Porto Alegre

A ação começou nesta segunda-feira, na Ilha do Pavão, e durante a semana irá passar pela Vila dos Papeleiros, pelo Quilombo Fidelix e pela Vila Dique

Unidade móvel realiza testagem de covid-19 em Porto Alegre Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Unidade itinerante de testagem na Ilha do Pavão, nesta segunda-feira (17) Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS
GZH
GZH

A partir desta segunda-feira (17), Porto Alegre passa a contar com uma nova opção para testagem contra covid-19. Uma unidade itinerante, com oferta do teste rápido de antígeno, estará circulando pela cidade de segunda a quinta-feira, das 9h às 16h. A ação começou na Ilha do Pavão, e durante a semana irá passar pela Vila dos Papeleiros, pelo Quilombo Fidelix e pela Vila Dique (confira abaixo a programação).

De acordo com a prefeitura, os testes serão oferecidos a pacientes que apresentarem sintomas da doença (como febre, calafrio, dor de garganta, tosse, dor de cabeça, coriza, diarreia, alteração no olfato, no paladar, fraqueza e dor muscular), e para pacientes assintomáticos em contato com caso positivo de covid-19, sem esquema vacinal completo. Não é necessário apresentar prescrição médica, mas antes da testagem todos passarão por uma avaliação clínica.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ainda alerta que a testagem deve ser realizada, de preferência, entre o terceiro e quinto dia após o início dos sintomas. Já para pacientes assintomáticos, o ideal, para maior precisão dos resultados, é entre o terceiro e quinto dia após o último contato com o caso positivo de covid-19. 

A ação será financiada por recursos da Fase III do Projeto Testar RS, do Governo do Estado, que tem o objetivo de ampliar ações de diagnóstico e rastreio da covid-19. Na última semana, a Capital recebeu da Secretaria Estadual de Saúde mais 90 mil testes rápidos de antígeno, que serão distribuídos a todos os pontos de testagem conforme demanda.

 — Queremos facilitar o acesso da população à testagem para isolar mais rapidamente os casos positivos da doença, freando a circulação do vírus na Capital —  explica a diretora de Atenção Primária em Saúde, Caroline Schirmer.

O estudante de Medicina Veterinária Pablo Buhl, de 24 anos, foi um dos pacientes que buscou o atendimento na unidade móvel. Ele relata que procurou nos canais digitais da SMS a unidade mais próxima para testagem, que seria a Unidade de Saúde Navegantes, mas ao chegar lá, encontrou o local muito cheio. Em casa novamente, se deparou com a notícia da unidade móvel, para onde se dirigiu junto da mãe, Vanessa Possamai, de 40 anos, que também pretendia fazer o teste. 

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 17/01/2022Capital inicia testagem de covid-19 com ônibus itinerante. na foto, a paciente Vanessa Possamai<!-- NICAID(14991797) -->
Vanessa realizando o teste antígeno na unidade móvelFoto: Marco Favero / Agencia RBS

— A gente não sabe se é covid, gripe ou efeito do calor. Meu trabalho é na rua, tenho muito contato com pessoas, então tenho que ter certeza de que estou bem para não passar para ninguém. Por isso, essa semana eu não marquei nada  e procurei fazer o teste — relata Vanessa, que é consultora de produtos de beleza.   

Foram cerca de duas horas entre Pablo e Vanessa chegarem no local, serem atendidos e receberem o resultado: negativo, para os dois. Entretanto, por conta dos sintomas, ambos receberam prescrição para realização do teste RT-PCR. Os dois relatam que problemas de conexão dificultaram o processo de testagem mas que, apesar disso, estavam satisfeitos com o atendimento. 

— Chegamos aqui e tinha por volta de seis pessoas esperando. Não tinha internet na unidade móvel, então pela parte da manhã eles não atenderam ninguém. Como eu vim lá do Navegantes até aqui e não queria deixar de fazer o teste, eu ofereci minha internet para rotear, então eles conseguiram. Fui muito bem atendido pela equipe de enfermagem e pelo médico — disse Pablo.

Segundo a SMS, o motivo da falta de internet foi a localização onde a unidade móvel estava instalada inicialmente, pois a conexão era instável. Na parte da tarde, o local foi alterado e a oferta de testes foi retomada. 

A testagem também segue disponível de segunda a sexta-feira, nas 132 unidades de saúde da Capital e na tenda instalada junto ao campus da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), localizado na Rua Sarmento Leite, 425.

Ao longo das próximas semanas, a unidade itinerante irá passar por outras regiões da Capital, que serão divulgadas semanalmente pela prefeitura.

Confira a programação da unidade móvel, das 9h às 16h

Segunda-feira (17): Ilha do Pavão (Rua A, 45 - Ilha do Pavão, bairro Arquipélago)
Terça-feira (18): Vila dos Papeleiros (Rua Voluntários da Pátria, 1940)
Quarta-feira (19): Quilombo Fidelix (Rua Dr. Sebastião Leão-Antonio F Rocha, 1-81)
Quinta-feira (20): Vila Dique (Rua Severo Dullius,165) 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros