Crianças que venceram o câncer visitam o mar pela primeira vez em Capão da Canoa - Notícias

Versão mobile

 
 

Alegria do recomeço13/02/2022 | 12h11Atualizada em 13/02/2022 | 12h13

Crianças que venceram o câncer visitam o mar pela primeira vez em Capão da Canoa

Treze famílias assistidas pelo Instituto do Câncer Infantil estiveram na beira da praia

Crianças que venceram o câncer visitam o mar pela primeira vez em Capão da Canoa Mateus Bruxel / Agencia RBS/Agencia RBS
Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS / Agencia RBS

A beira da praia de Capão da Canoa era só sorrisos na manhã deste sábado (12). Afinal, vencedores estavam na areia e entrando no mar. Crianças e adolescentes que deixaram para trás o câncer visitaram a praia, acompanhadas de familiares, numa iniciativa do Instituto do Câncer Infantil (ICI), com apoio do Sicredi. Treze famílias que seguem assistidas pelo ICI puderam entrar no mar. Algumas das crianças pulavam as ondas pela primeira vez. O Leão da Coragem, mascote do instituto, monitorava os pequenos.

Victória Larissa da Silva, de 15 anos, venceu o câncer há quatro anos. Ela considera que foi sua primeira vez no mar, já que quando esteve anteriormente era muito pequena e mal lembra. Depois, em razão do tratamento, não frequentou mais a beira da praia.

— Eu estou muito feliz. Eu sonhava muito com esse momento. É só felicidade. É a primeira vez desde o meu renascimento. Eu sempre digo que depois do câncer eu nasci de novo — relata a adolescente, moradora da cidade de Vera Cruz, estudante do Ensino Médio.

Com óculos e máscara rosas, Alice Severo Lara, de cinco anos, tinha estampada no rosto a felicidade de ver o mar.

— Eu gosto do mar — disse ela, ao garantir que entraria mesmo com a água fria (e entrou, mesmo).

A mãe, Angélica Ferraz Severo Lara, de 33 anos, conta que a filha venceu um tumor raro e hoje está fora de tratamento, mas segue em acompanhamento.

— Ela está super bem, voltou à rotina normal, vai voltar para a escola neste ano. Ela estava com muita vontade de vir nos outros anos, mas não podia por causa do tratamento. É gratificante. A gente agradece todos os dias — destaca Angélica, ao relatar que a filha havia visitado a praia aos dois anos de idade e depois precisou parar em razão do tratamento contra a doença.

Com a máscara do Capitão América e um dos mais ansiosos para entrar no mar, Bernardo Benites Lutz, de sete anos, disse que o mar é o que ele mais gosta na praia.

— Quando eu entrar, eu vou mergulhar e vou nadar — disse o pequeno, antes de pular sem parar ao dar os primeiros passos na água.

A mãe, Fabiana Ritter Benites, de 40 anos, conta que Bernardo agora que está voltando à rotina.

— Antes a gente tinha medo. Quando ele veio na praia a primeira vez ele tinha dois anos e oito meses. Pra mim, foi uma vitória. Quando eu tive o diagnóstico dele da leucemia, foi bem difícil. Tem muitas coisas que ele faz hoje que é uma rotina que ele não teve na infância. Ele foi uma criança que não andou de bicicleta, não pode jogar bola. Então, agora tudo é novidade — conta.

Os aplausos para as crianças de quem estava na beira da praia curtindo o sábado davam o tom do ambiente de leveza na manhã deste sábado em Capão da Canoa, vendo os pequenos vencedores sorridentes.

O Evento de Verão do ICI contará com apresentação de Maria Fernanda Costa, ex-participante do The Voice Kids, das 14h30 às 15h30. Também haverá atividades como yoga, zumba, aula de futevôlei, além de música e quadras de vôlei e futmesa disponíveis para o público. As atrações ocorrem até as 16h e haverá também a disponibilização de produtos institucionais para venda.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros