Família se mobiliza para recuperar trompa sinfônica furtada de menino de oito anos - Notícias

Versão mobile

 
 

Em Viamão30/03/2022 | 09h52Atualizada em 30/03/2022 | 09h53

Família se mobiliza para recuperar trompa sinfônica furtada de menino de oito anos

Instrumento musical usado pelo pequeno Gabriel Dutra, aluno da Ospa, foi levado de dentro de um carro, no centro da cidade, no final da tarde de terça-feira

Família se mobiliza para recuperar trompa sinfônica furtada de menino de oito anos Israel Oliveira / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Gabriel faz parte da Escola de Música da Ospa Foto: Israel Oliveira / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

O menino Gabriel Dutra, de oito anos, voltava de uma apresentação musical no Colégio Adventista, em Viamão, nesta terça-feira (29), quando se deparou com o sumiço de uma fiel companheira: a trompa sinfônica. O instrumento foi furtado de dentro de um carro, no centro da cidade, por volta das 18h.

Rakel Dutra, irmã de Gabriel, conta que a trompa representa para o menino bem mais do que aprendizado e passatempo.

— O Gabriel tem asma e, por se tratar de um instrumento de sopro, ele tem melhorado muito. Ele usa para a saúde dele e está muito triste. Temos esperança que devolvam ou que deixem em algum lugar. É emprestado, e a gente não tem como pagar ou comprar outro — explicou.

Conforme o relato de Rakel, o menino, que é aluno da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa), estava de carona com uma colega e o pai dela. O carro havia ficado estacionado para que os três fossem até uma ótica. Ao retornarem, cerca de 15 minutos depois, perceberam o arrombamento do veículo. Além da trompa sinfônica, o rádio e outros pertences também foram levados.

O professor Israel Oliveira, da Escola de Música da Ospa, não poupou elogios ao falar do aluno:

— O Gabriel é um dos mais aplicados da nossa escola. É um menino muito talentoso e esforçado. Tentamos tranquilizá-lo. É um instrumento raro, que só se toca em orquestra sinfônica e em bandas marciais. O professor de música da escola onde Gabriel estuda o convidou para uma apresentação depois que soube que ele era aluno da Ospa — contou.

Por meio das redes sociais, a família faz mobilização para recuperar o instrumento. O número divulgado para quem tiver informações é (51) 98439-9456

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros