Prefeito garante definição de novo valor da passagem de ônibus de Porto Alegre daqui a 10 dias - Notícias

Versão mobile

 
 

Transporte público31/03/2022 | 09h34Atualizada em 31/03/2022 | 09h40

Prefeito garante definição de novo valor da passagem de ônibus de Porto Alegre daqui a 10 dias

Prazo foi divulgado em reunião realizada nesta quarta-feira entre Sebastião Melo, representantes de empresas de transporte e equipe técnica da prefeitura

Prefeito garante definição de novo valor da passagem de ônibus de Porto Alegre daqui a 10 dias André Ávila / Agencia RBS/Agencia RBS
Prefeito ainda conta com recursos para subsidiar a passagem e tentar manter o valor de R$ 4,80, vigente hoje Foto: André Ávila / Agencia RBS / Agencia RBS

Após reunião entre o prefeito Sebastião Melo, representantes de empresas de ônibus e equipe técnica da prefeitura na tarde desta quarta-feira (30), foi decidido que o valor da tarifa de ônibus em Porto Alegre será definido daqui a 10 dias.

O prefeito destacou que, apesar da retirada da urgência, na Câmara dos Deputados, para a votação de um projeto que prevê subsídio federal para o transporte público, ainda conta com recursos da União para subsidiar a passagem e tentar manter o valor de R$ 4,80, vigente hoje. No entanto, ainda não pode confirmar o congelamento da tarifa. Dentro do prazo estabelecido, deverá ser definida uma tarifa técnica e um valor a ser praticado nas roletas.

— Estabelecemos este prazo para a tomada de uma decisão. Gostaria de baixar o valor da passagem, mas devemos lembrar que desde o ano passado estamos aportando R$ 0,40 no valor da passagem. Vamos definir o valor, sem espera pelo dinheiro federal — disse Melo.

Conforme adiantado pelo colunista Jocimar Farina, o custo ficaria congelado em R$ 4,80. Se o governo federal acenar com aporte financeiro nos próximos dias, o que depende de aprovação no Congresso Nacional, então será possível reduzir o valor. 

Será necessário definir nos próximos dias o aumento da tarifa técnica da passagem, que hoje é de R$ 5,20. A tendência é que suba para R$ 5,70, aproximadamente. Esse valor, assim que apresentado pela prefeitura, será encaminhado para o Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu), que se reunirá para avaliar a proposta. Posteriormente, o prefeito se manifestará anunciando o valor final, com ou sem subsídios. A seguir, passará a valer a nova tarifa.

Durante a reunião também ficou estabelecido que o Executivo da Capital vai repassar R$ 2,8 milhões às companhias de transporte público, referentes à compensação de abril e maio do ano passado, que estão em atraso. Além disso, até 10 de abril, deverão ser depositadas as diferenças tarifárias referentes ao período de 1º de fevereiro (data a partir da qual deveria estar valendo a nova tarifa) a 31 de março deste ano, fechando um pagamento de cerca de R$ 14 milhões aos consórcios que operam em Porto Alegre. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros