Governo do RS passa a considerar três doses contra a covid-19 como esquema vacinal completo  - Notícias

Versão mobile

 
 

Combate à pandemia13/04/2022 | 08h46Atualizada em 13/04/2022 | 08h46

Governo do RS passa a considerar três doses contra a covid-19 como esquema vacinal completo 

Mudança vale para pessoas acima dos 18 anos; apenas 50% da população adulta já recebeu o reforço no Estado 

Governo do RS passa a considerar três doses contra a covid-19 como esquema vacinal completo  Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS
GZH
GZH

O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta terça-feira (12) que agora considera a aplicação de três doses da vacina contra a covid-19 como esquema vacinal completo. Até então, pessoas que haviam recebido duas injeções ou dose única entravam nessa relação. Com a mudança, a classificação passa a se referir apenas àquelas que também tomaram a terceira dose. A alteração vale para adultos com 18 anos ou mais e já pode ser observada na apresentação dos dados do painel de imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES).  

De acordo com o governo, 50% da população adulta já recebeu a terceira dose no RS e pode ser considerada com esquema completo atualmente. O objetivo da mudança é indicar que somente a aplicação da dose de reforço representa que esse grupo completou o esquema preconizado, afirma a secretária adjunta da Saúde, Ana Costa, em nota divulgada nesta terça: 

— Queremos ter um conceito que acompanhe o nosso discurso de que para a melhor proteção contra a covid-19 é necessária a dose de reforço. É uma avaliação dinâmica, pois em um primeiro momento, no início da campanha, o esquema completo representava a segunda dose ou dose única, mas hoje isso já mudou. 

O texto do governo também ressalta que o público com menos de 18 anos não será afetado pela mudança, ou seja, para crianças de cinco a 11 anos e adolescentes de 12 a 17, o esquema completo continua se referindo à aplicação de duas doses. Isso porque, para essas faixas etárias, ainda não está prevista a dose de reforço. 

Além disso, o painel da vacinação agora também apresenta informações sobre a segunda dose de reforço ou quarta dose (D4) para idosos acima dos 80 anos, que são estimados em 326 mil no Rio Grande do Sul. Desses, mais de 32 mil já receberam a quarta aplicação. 

Critérios de definição do esquema vacinal conforme faixas etárias 

Adultos (18 anos ou mais) 

  • Pelo menos uma dose: uma dose ou dose única 
  • Esquema vacinal primário: duas doses ou dose única 
  • Esquema vacinal completo: dose de reforço 

Adolescentes (12 a 17 anos) e crianças (cinco a 11 anos) 

  • Pelo menos uma dose: uma dose 
  • Esquema vacinal completo: duas doses 
 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros