São Leopoldo e Eldorado do Sul retiram obrigação de máscaras em ambientes fechados; Canoas vai liberar na terça - Notícias

Versão mobile

 
 

Coronavírus04/04/2022 | 21h54Atualizada em 04/04/2022 | 21h54

São Leopoldo e Eldorado do Sul retiram obrigação de máscaras em ambientes fechados; Canoas vai liberar na terça

Com essas determinações, Porto Alegre e pelo menos outras 15 cidades da Região Metropolitana e do Vale do Sinos já tornaram facultativo o uso dos equipamentos de proteção

São Leopoldo e Eldorado do Sul retiram obrigação de máscaras em ambientes fechados; Canoas vai liberar na terça Éder Duarte / Gabinete da Primeira-Dama / Prefeitura Municipal de Porto Alegre/Gabinete da Primeira-Dama / Prefeitura Municipal de Porto Alegre
Porto Alegre e pelo menos outras 15 cidades da Região Metropolitana e do Vale do Sinos já tornaram facultativo o uso da máscara Foto: Éder Duarte / Gabinete da Primeira-Dama / Prefeitura Municipal de Porto Alegre / Gabinete da Primeira-Dama / Prefeitura Municipal de Porto Alegre

Mais três municípios gaúchos decidiram flexibilizar o uso de máscaras em locais fechados. Nesta segunda-feira (4), a prefeitura de São Leopoldo, no Vale do Sinos, e a  de Eldorado do Sul, na Região Metropolitana, prepararam decretos que retiraram a obrigatoriedade do item. Já Canoas, também na Grande Porto Alegre, vai oficializar a mudança nesta terça-feira (5), também retirando a obrigatoriedade em ambientes internos.

LEIA MAIS
Mortes por covid-19 caem 44% no RS entre fevereiro e março, mas cenário ainda é pior do que antes da Ômicron
Brasil deixa de exigir teste de covid-19 para viajantes completamente vacinados
Acamados e residentes de casas geriátricas receberão quarta dose contra a covid e vacina da gripe a partir de segunda-feira em Porto Alegre

Em Eldorado do Sul, as máscaras eram exigidas desde o começo da pandemia, em março de 2020. Conforme a prefeitura, havia um decreto anterior que tornava facultativo o uso em locais abertos e obrigava nos fechados. Com a nova decisão, a utilização passa a ser opcional nas duas situações, exceto no transporte público e em espaços de serviço de saúde, em que a proteção segue sendo necessária.

O decreto municipal de Eldorado ainda recomenda a manutenção da máscara em crianças de seis a 12 anos e pessoas com sintomas gripais. Em ambientes fechados, a prefeitura diz que deverão ser adotadas políticas para circulação de ar e para garantir a higienização e a limpeza.

Em São Leopoldo, uma reunião confirmou a flexibilização do equipamento em locais fechados. O decreto com os detalhes será publicado nas próximas horas. Desde abril de 2020, os moradores do município precisavam usar a proteção no rosto.

Em Canoas, a prefeitura confirmou que vai desobrigar a utilização das máscaras a partir de terça-feira. Um novo decreto vai oficializar a mudança.

Com essas determinações, Porto Alegre e pelo menos outras 15 cidades da Região Metropolitana e do Vale do Sinos já tornaram facultativo o uso dos equipamentos de proteção, segundo levantamento da Associação dos Municípios da Região Metropolitana (Granpal) e de GZH. Há casos, como o da Capital, em que as exceções são o transporte público e as unidades de saúde e hospitais, que seguem com a obrigatoriedade valendo para evitar a transmissão de covid-19.

Confira a lista de cidades da Região Metropolitana e do Vale do Sinos que desobrigaram o uso de máscara em ambientes fechados:

/// Porto Alegre
/// Alvorada
/// Esteio
/// Guaíba
/// Novo Hamburgo
/// Glorinha
/// Triunfo
/// Taquari
/// São Leopoldo
///  Sapucaia do Sul
/// Arroio dos Ratos
/// Santo Antônio da Patrulha
/// Cachoeirinha
/// Eldorado do Sul
/// Charqueadas
/// Canoas (vai oficializar a decisão nesta terça-feira) 

Leia mais notícias do Diário Gaúcho   

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros