Com mais uma morte em Igrejinha, RS chega a 29 mortes por dengue  - Notícias

Versão mobile

 
 

Em 202217/05/2022 | 15h08Atualizada em 17/05/2022 | 15h08

Com mais uma morte em Igrejinha, RS chega a 29 mortes por dengue 

Cidade do vale do Paranhana registra cinco óbitos pela doença

Com mais uma morte em Igrejinha, RS chega a 29 mortes por dengue  Vigilância Ambiental / Divulgação/Divulgação
Foto: Vigilância Ambiental / Divulgação / Divulgação

 O Rio Grande do Sul chegou a 29 mortes por dengue nesse ano de 2022. Conforme o painel da Secretaria Estadual da Saúde (SES), a confirmação mais recente ocorreu em Igrejinha, no Vale do Paranhana, que soma, agora, cinco óbitos pela doença.  

Igrejinha é o município com o maior número de mortes, seguido de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, e Horizontina, no Noroeste do Estado, com três mortes cada. 

No total, o Estado já soma 24.156 casos confirmados de dengue neste ano. Do total, 19.873 são autóctones, ou seja, contraídos em território gaúcho.  

Leia mais
Queixas sobre focos de mosquitos na Capital crescem quase 450% em 2022
Em Lajeado, decreto prevê consequências para quem impedir entrada de agentes de saúde no combate à dengue 

Ainda de acordo com a SES, das 29 vítimas, são 17 mulheres e 12 homens. Em relação às faixas etárias, a maioria dos óbitos,20, eram de pessoas com mais de 70 anos. 

Em 2021, o Rio Grande do Sul registrou 11 mortes por dengue, e em 2022 chega ao maior número já registrado em um ano desde 2000, quando começou o monitoramento. 

Veja as cidades com registro de morte por dengue em 2022: 

  • Igrejinha: 5 
  • Horizontina: 3 
  • Novo Hamburgo: 3 
  • Cachoeira do Sul: 2
  • Jaboticaba: 2 
  • Boa Vista do Buricá: 1 
  • Chapada: 1 
  • Cristal do Sul: 1 
  • Dois Irmãos: 1 
  • Erechim: 1 
  • Estância Velha: 1 
  • Lajeado: 1 
  • Nova Candelária: 1 
  • Nova Hartz: 1 
  • Novo Machado: 1 
  • Porto Alegre: 1 
  • Rondinha: 1 
  • Sapucaia do Sul: 1 
  • São Leopoldo: 1  
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros