Cris Silva: "Comida de Mamis" - Notícias

Versão mobile

 
 

Posso Entrar?06/05/2022 | 08h00Atualizada em 06/05/2022 | 08h00

Cris Silva: "Comida de Mamis"

Colunista traz histórias inspiradoras de vida e trabalho todas as sextas-feiras

Cris Silva: "Comida de Mamis" Agência RBS/Agência RBS
Cris Silva Foto: Agência RBS / Agência RBS

Fiquei encantada com essa história. Adorei o nome – Comida de Mamis –, porque chamo minha mãe, dona Maria das Graças, de “mamis”. Só que, hoje, a história é da dona Nina, mãe da Julia. Há muito tempo, as duas namoravam a ideia de terem um negócio juntas. Hoje, colhem os frutos da parceria. 

Conheça mais sobre Nina Rosa Romero de Lima, 71 anos, da Capital, dona da Comida de Mamis, empresa de produção e venda de marmitas congeladas.

Leia outras colunas da Cris Silva

FOI ASSIM

“Aos 49 anos, me separei após 27 anos de casamento e voltei a estudar para finalizar o segundo grau. Peguei gosto e emendei um vestibular e faculdade de Serviço Social. Algum tempo depois, passei em um concurso público e comecei a trabalhar como agente de saúde. Tinha muito prazer nele, era muito digno, mas com salário nada digno diante da responsabilidade. Foi aí que comecei a imaginar uma outra perspectiva de trabalho e realização.”

Quando eu soube da história dessa empreendedora, fiquei encantada. Já adorei, de início, o nome do negócio _ Comida de Mamis _ porque chamo minha mãe, dona Maria das Graças, de mamis. Só que, hoje, a história é da dona Nina, mãe da Julia. Há muito tempo, as duas namoravam a ideia de terem um negócio juntas. As surpresas da vida foram preparando o terreno e, hoje, elas já colhem os frutos dessa parceria. Conheça mais sobre a linda história da Nina Rosa Romero de Lima, 71 anos, moradora de Porto Alegre e proprietária da Comida de Mamis, empresa de produção e venda de marmitas congeladas.<!-- NICAID(15087320) -->
Realizada no novo trabalhoFoto: Arquivo pessoal / Arquivo pessoal

COMEÇAMOS

“Das prendas domésticas, a que mais gosto é cozinhar. No início de 2019, numa conversa entre mãe e filha, surgiu a ideia de unirmos os trabalhos – ela elaborando as fichas técnicas, por ser nutricionista, e eu executando os pratos. Em junho daquele ano, resolvemos partir para o lançamento do Comida de Mamis.”

O QUE A GENTE FAZ

“Hoje, o Comida de Mamis passou a ser o meu único trabalho. Nosso negócio é produção e venda de marmitas congeladas, em que todos os produtos são comprados e selecionados por mim. Nosso objetivo é oferecer ao cliente uma comida feita com todo o cuidado e responsabilidade. O foco é alimentação facilitada, saudável, preparada com temperos naturais e azeite de oliva.”

FOI DIFÍCIL

 “Todo começo gera muitas perspectivas e incertezas. Apesar de gostar de cozinhar, tem uma grande diferença entre cozinhar profissionalmente e para a família. Tive que me especializar, fazer cursos (e isso leva tempo), para então poder oferecer uma alimentação saudável e consciente ao nosso público. A parte mais complicada foi no primeiro semestre de 2020, quando o negócio estava decolando e chegou a pandemia. Mas graças a Deus, à ciência, à medicina e ao SUS, estamos superando esse tempo difícil.”

" alt="Quando eu soube da história dessa empreendedora, fiquei encantada. Já adorei, de início, o nome do negócio _ Comida de Mamis _ porque chamo minha mãe, dona Maria das Graças, de "mamis". Só que, hoje, a história é da dona Nina, mãe da Julia. Há muito tempo, as duas namoravam a ideia de terem um negócio juntas. As surpresas da vida foram preparando o terreno e, hoje, elas já colhem os frutos dessa parceria. Conheça mais sobre a linda história da Nina Rosa Romero de Lima, 71 anos, moradora de Porto Alegre e proprietária da Comida de Mamis, empresa de produção e venda de marmitas congeladas."/>
Cuidado nos detalhesFoto: Arquivo pessoal / Arquivo pessoal

DAQUI PRA FRENTE

“A melhor parte de empreender é ver a satisfação dos clientes. Minha inspiração está em saber que, ao mesmo tempo em que faço o que gosto e recebo por isso, meus clientes podem seguir fazendo o que eles gostam sem se preocupar em perder tempo cozinhando, já que podem contar com o Comida de Mamis para isso.”

RECADO DA CRIS 

“Sonhar, planejar... Executar e acreditar.”


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros