Rios começam a baixar, e famílias iniciam volta para casa após cheias no RS - Notícias

Versão mobile

 
 

Trégua na chuva05/05/2022 | 08h34Atualizada em 05/05/2022 | 08h36

Rios começam a baixar, e famílias iniciam volta para casa após cheias no RS

Nos últimos dias, mais de 2,7 mil pessoas precisaram deixar suas residências no Estado

Rios começam a baixar, e famílias iniciam volta para casa após cheias no RS Camila Hermes / Agencia RBS/Agencia RBS
Na terça-feira (3), moradores de Lajeado se deslocavam para abrigo montado pela prefeitura Foto: Camila Hermes / Agencia RBS / Agencia RBS
Gabriela Plentz

A trégua na chuva permitiu que as primeiras famílias gaúchas começassem a retornar para casa. Em todo o Rio Grande do Sul, 2.748 pessoas precisaram deixar suas residências, nos últimos dias, por conta das cheias dos rios.

Conforme a Defesa Civil, as 17 pessoas que estavam em abrigos em Dom Pedrito, na Fronteira Oeste, já haviam deixado os locais na madrugada desta quinta-feira (5). Em São Gabriel, as primeiras famílias também começaram a retornar — eram 136 desalojados no município.

Em Alegrete, na mesma região, segue o registro de 2,1 mil pessoas desalojadas e 220 desabrigadas. Já em Quaraí, são duas famílias fora de casa.

As cidades foram afetadas pela cheia do Rio Ibirapuitã, que, agora, está com a tendência de queda no nível. No entanto, se mantinha dois metros acima do normal, que é de 9m70cm.

O Rio Taquari também começou a baixar após atingir 20m50cm e sair do leito. O cenário permite a moradores de Lajeado, no Vale do Taquari, planejar sair do Parque do Imigrante, onde está o alojamento montado pela prefeitura. As autoridades preveem o início da liberação dos desabrigados a partir da manhã desta quinta-feira (5).

A última atualização da Defesa Civil Estadual aponta 246 pessoas fora de casa na cidade por conta do mau tempo. Ainda há registro de afetados nas cidades de Estrela, com 22 pessoas, e Taquari, com 13.

Ciclone começa a se afastar

A previsão indica que o ciclone extratropical que causou a instabilidade no Estado comece a se afastar nesta quinta-feira. Assim, uma massa de ar seco e frio pode avançar no território gaúcho, deixando o tempo firme na maior parte do Estado.

As condições de chuva ficam apenas no Litoral Norte e na serra gaúcha.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros