RS registra aumento de 70% em novas hospitalizações por covid-19 em duas semanas - Notícias

Versão mobile

 
 

Cenário da pandemia 23/05/2022 | 11h28Atualizada em 23/05/2022 | 11h42

RS registra aumento de 70% em novas hospitalizações por covid-19 em duas semanas

Média de óbitos provocados pelo coronavírus também apresenta tendência de elevação

RS registra aumento de 70% em novas hospitalizações por covid-19 em duas semanas Jefferson Botega / Agencia RBS/Agencia RBS
Pandemia volta a pressionar hospitais no Rio Grande do Sul Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS / Agencia RBS

O número de novos pacientes com coronavírus que dão entrada em alas de enfermagem ou terapia intensiva (UTIs) nos hospitais saltou 70% em duas semanas no Rio Grande do Sul

Números contabilizados pelo Comitê de Dados do governo estadual indicam que o acumulado semanal de internações passou de 158 registros, até o dia 7 de maio, para 269 nos sete dias anteriores ao sábado (21), última data com informações disponíveis até esse domingo (22). 

Esse indicador, apurado por data de notificação feita ao Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe), aponta somente o ingresso de novos doentes nos hospitais, sem levar em conta a quantidade de pessoas já em atendimento que tenham sido admitidas previamente. Por isso, é considerado um sinalizador importante da evolução da pandemia em um determinado momento.

O total de pessoas internadas é outra cifra fundamental para monitorar o avanço da doença, mas pode variar também em razão da quantidade de óbitos no mesmo intervalo de tempo. Em razão da piora generalizada nos indicadores, na semana passada o governo gaúcho emitiu avisos para todas as regiões pelo Sistema 3 As de monitoramento, sugeriu que os comitês regionais avaliem o uso de máscara em locais fechados e reforçou a importância de completar o esquema vacinal com dose de reforço.

Um salto no ingresso de pacientes novos, em um segundo momento, pode elevar ainda mais a quantidade total de pacientes e o índice de mortalidade – que já apresenta viés de alta. Os registros do Ministério da Saúde indicam que a média móvel de óbitos diários, calculada para um período de sete dias, cresceu 36,6% neste domingo em comparação a duas semanas antes no Estado – período utilizado como referência por critérios epidemiológicos para monitorar o vírus. 

Em números absolutos, porém, o número de mortes segue bastante abaixo do que foi verificado em outros períodos da pandemia. Nos sete dias até o domingo, a média ficou em oito óbitos diários, contra 5,9 duas semanas atrás. Essa cifra chegou a 303 em abril do ano passado. A queda nesse indicador nos meses seguintes pode ser atribuída principalmente às vacinas. 

A boa notícia é que o registro de novos casos voltou a estabilizar, após quase três semanas de aumento. A média diária de novas contaminações, calculada com base nos sete dias anteriores, ficou em 2.360 neste domingo, contra 2.364 há duas semanas – uma pequena oscilação negativa de 0,2%. Um recuo na quantidade de infecções pode, em um período posterior, voltar a reduzir também o ingresso de novos pacientes nos hospitais.

Acumulado semanal de novas hospitalizações por covid-19 no RS

  • 7/5 - 158 pacientes
  • 8/5 - 159
  • 9/5 - 159
  • 10/5 - 155
  • 11/5 - 224
  • 12/5 - 167
  • 13/5 - 203
  • 14/5 - 179
  • 15/5 - 189
  • 16/5 - 188
  • 17/5 - 242
  • 18/5 - 221
  • 19/5 - 241
  • 20/5 - 260
  • 21/5 - 269

Variação em duas semanas: 70,3%

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros