Ação contra o frio acolhe 195 pessoas em situação de rua em Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 
 

Operação Inverno13/06/2022 | 09h46Atualizada em 13/06/2022 | 09h47

Ação contra o frio acolhe 195 pessoas em situação de rua em Porto Alegre

Atendimento começou na noite de sábado e se repetiu nesse domingo

Ação contra o frio acolhe 195 pessoas em situação de rua em Porto Alegre Camila Hermes / Agencia RBS/Agencia RBS
Foto: Camila Hermes / Agencia RBS / Agencia RBS

A Operação Inverno acolheu 195 pessoas em situação de rua na noite de sábado em albergues de Porto Alegre. O trabalho será feito quando a temperatura ficar abaixo de 5°C, o que ocorreu entre a noite de sábado (11) e a madrugada deste domingo (12) na Capital.

— Montamos essa operação porque há a necessidade de buscar mais pessoas. As 12 equipes de abordagem social passam o dia tentado sensibilizar o usuário para que ele saia da rua e aceite alguns desses espaços de proteção, mas isso nem sempre é possível, porque alguns não querem. Então, as equipes deixam cobertores com eles — explica Cátia Lara Martins, presidente da Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc).

Um dos locais utilizado como abrigo do frio na ação foi o ginásio da Associação dos Funcionários do Departamento Municipal de Habitação (Demhab), na rua Conde D'Eu, no bairro Santana. Na primeira noite de acolhimento, 29 pessoas aceitaram pernoitar no ginásio: 24 homens e cinco mulheres. A expectativa é de que 60 pessoas sejam recebidas no ginásio Demhab, mas há a possibilidade de aumentar esse número para cem caso seja necessário.

Na rede municipal, 195 pessoas procuraram os albergues na primeira noite da operação. Como há 240 vagas, não houve superlotação, conforme a Prefeitura. As pousadas para acolhimento de moradores de rua estão com as 350 vagas preenchidas. A segunda noite da ação começou com a recepção de pessoas em situação de rua às 19h desse domingo.

De acordo com Cátia Lara Martins, quem pernoitar nos locais tem à disposição materiais de higiene, banho, jantar, lanche e café da manhã. Além disso, os Centros Pop têm atendimento com equipe multidisciplinar para adultos, idosos e famílias em situação de rua.

A ação da Prefeitura é executada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc), com apoio da Secretaria Municipal de Habitação e Regularização Fundiária (SMHARF).

Horário estendido

A Fasc estará com horário estendido até as 22h para suporte à abordagem e encaminhamento aos equipamentos da rede ou às vagas oferecidas pela sociedade civil organizada. A operação conta com apoio da Cruz Vermelha e suporte da Defesa Civil, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Consultório na Rua para atendimento a emergências.

Rede de atendimento noturno:

  • Albergue Dias da Cruz (12h): Avenida Azenha, 366 - Azenha
  • Albergue Acolher 1 (12h): Rua Dr. João Simplício, 38 - Vila Jardim
  • Albergue Acolher 2  (12h): Rua 7 de Abril, 315 – Floresta
  • Central de Abordagem: atendimento 24h pelos telefones (51) 3289 4994 ou pelo 156 opção 7

Rede de atendimento diurno:

Os Centros POP têm atendimento social com equipe multidisciplinar para adultos, idosos e famílias em situação de rua. Disponibilizam oficinas, higiene pessoal e refeição, além de encaminhamento à rede de serviços municipais com cadastro ao sistema de benefícios.

  • Centro POP 1 - Santana: Avenida João Pessoa, 2.384, Farroupilha
  • Centro POP 2 - Floresta: Rua Gaspar Martins, 114 / 120, Floresta
  • Centro POP 3 - Navegantes: Avenida França, 496, Navegantes
  • SCFV - Adultos Pop Rua - Ilê Mulher: Rua Santo Antônio, 64, Floresta

Restaurantes Populares - almoço

  • Centro: rua Garibaldi, 461 (segunda-feira a domingo)
  • Vila Cruzeiro: rua Dona Otília, 210 (segunda a sexta-feira)
  • Lomba do Pinheiro: rua Cacimbas, 159 (segunda a sexta-feira)
  • Restinga: Estrada Chácara do Banco, 71 (segunda a sexta-feira)
  • Zona Norte: Rua Caetano Fulginiti, 95, Rubem Berta (segunda a sexta-feira)
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros