O marido complica com a sua vida profissional? Saiba como se impor diante do parceiro - lady - Entretenimento

Versão mobile

 

LADY07/09/2018 | 11h51Atualizada em 10/09/2018 | 17h31

O marido complica com a sua vida profissional? Saiba como se impor diante do parceiro

Entenda os motivos do comportamento sabotador que alguns homens assumem e aprenda como dar um chega pra lá no machismo.

O marido complica com a sua vida profissional? Saiba como se impor diante do parceiro  Raquel Cunha / TV Globo/Divulgação/TV Globo/Divulgação
Nice provou o gostinho da independência e quer mais. Foto: Raquel Cunha / TV Globo/Divulgação / TV Globo/Divulgação

Kelzy Ecard, 53 anos, vem se destacando em Segundo Sol na pele da submissa Nice, refém por anos do machismo de Agenor (Roberto Bonfim). A mudança na vida da personagem começou graças ao  trabalho, ao fazer sucesso com as suas receitas no restaurante de Cacau (Fabiula Nascimento). 

A grande virada

Mesmo após ser vítima da sabotagem do marido, que não admite que a companheira tome as rédeas da própria vida, parece que um novo tempo se desenha para a mãe de Maura (Nanda Costa) e Rosa (Letícia Colin), com direito a torcida  da sua intérprete. 

Em entrevista ao jornal Extra, Kelzy diz esperar que os dias de mulher humilhada da cozinheira estejam contados. Mas, infelizmente, o caso de Nice e Agenor não é só obra da ficção. Muitas mulheres vivem este tipo de relacionamento.

_ É muito comum o marido usar argumentos que envolvam a vida familiar para boicotar a independência da mulher. Os tradicionais "mas quem vai cuidar das crianças?" ou "você não tem mais tempo para a nossa família" são preocupações falsas, utilizadas apenas para tentar menosprezar a vida profissional da parceira _ salienta a professora do MBA de Liderança e Gestão de Pessoas da ESPM e psicóloga Simoni Missel que, neste Lady, orienta como agir nestes casos.

Por esta, Agenor não esperava
Por esta, Agenor não esperavaFoto: TV Globo / Divulgação

"Não é fácil romper essa barreira"

 Na pele da doce cozinheira, Kelzy aposta que o passado está ficando para trás.

_ Nice começou uma nova fase. Estou confiante de que ela não vai recuar. Não é fácil romper esta barreira, já que ela passou a vida inteira se submetendo a um relacionamento abusivo. O marido fez com que ela acreditasse que não é lá grande coisa _ avalia a atriz, otimista:

_ Tenho muita fé nas novas gerações. Vejo uma participação muito maior dos homens na criação dos filhos. 

Sinais do boicote: saiba reconhecer

/// Surgem da insegurança do seu companheiro.

/// Questionamentos do seu par que envolvam a criação dos filhos, a manutenção da ordem da casa ou até um eventual descaso com a relação de vocês são feitos com a intenção de desestimular a mulher a trabalhar fora de casa.

/// Enfatizar aspectos da vida familiar que, porventura, não estejam indo bem e atribuí-los à jornada de trabalho da parceira, é o clássico boicote masculino. 

/// Ele afirma que o salário dela é baixo e que nem é tão importante assim para a renda familiar. Este tipo de comentário tem por objetivo desencorajar de companheira de progredir na sua vida profissional. 

Apoio da chefe Cacau (E) foi fundamental
Apoio da chefe Cacau (E) foi fundamental.Foto: Paulo Belote / TV Globo/Divulgação

Para harmonizar a relação sem brigas

1) Diálogo é fundamental: quanto mais inseguro e machista for o homem, mais desculpas para sabotar a mulher ele vai sempre encontrar. Por isso, a primeira atitude a ser tomada é convidá-lo para uma boa e pacífica conversa.

2) Seja positiva: tente mostrar o lado benéfico do seu trabalho como um caminho para uma vida melhor dos dois juntos.  

 3) Separe as coisas no seu próprio discurso: é essencial que ele entenda que você não vai deixá-lo, simplesmente, por tentar se desenvolver profissionalmente. Nada a ver!

4) Evite ameaças: não assuma uma postura intimidadora, ameaçando com separação.

5) Procure ajuda profissional: caso a abordagem pacífica não funcione, a terapia de casal pode ser a opção desde que ambos concordem em participar. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros