Padre Marcelo fala sobre sua magreza e depressão: "É o mal do milênio. Sofri de tudo, sem vontade de viver" - Entretenimento

Vers?o mobile

 

Música e religião15/10/2014 | 15h51

Padre Marcelo fala sobre sua magreza e depressão: "É o mal do milênio. Sofri de tudo, sem vontade de viver"

Religioso, que lança novo disco e celebra 20 anos de carreira, conta como a música e a oração o ajudaram a superar momento complicado.

Padre Marcelo fala sobre sua magreza e depressão: "É o mal do milênio. Sofri de tudo, sem vontade de viver" Marcos Hermes/Divulgação
Foto: Marcos Hermes / Divulgação

Completando 20 anos de carreira em 2014, o Padre Marcelo Rossi, um dos maiores vendedores de discos do Brasil, lança mais um, O Tempo de Deus (R$ 10, preço médio). Em entrevista por telefone ao Diário Gaúcho, na tarde desta quarta-feira, ele abriu o jogo sobre a depressão que sofreu em 2013 e sobre sua magreza, que até hoje chama a atenção de fiéis e fãs. Segundo ele, uma série de problemas decorrentes da fama. As consequências foram crises de depressão e anorexia.

- Passei minha pior fase (em 2013). De 80 e poucos quilos, cheguei a uns 130. Depois, comecei a perder, perder, fiz uma dieta maluca, comendo alface e hambúrguer. Aí, tomei um susto. Fui ficando a cada dia mais magro. Mas não me via magro - relembra o padre.

Para passar pela fase, e superar a depressão, o mal do milênio, segundo suas palavras, o padre amparou-se na música e nas orações. Segundo ele, as canções para o novo disco tem um perfil diferente de outros discos, menos pop e mais voltada para as orações.

- Achava que depressão era frescura, mas sofri de tudo, sem vontade de viver, não tem explicação. E olha sou padre, ouço relato de depressão diariamente. Mas as composições que fiz para esse disco me salvaram, assim como as orações- revela o padre.

 

 

 

 

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros