"Comendador" de "Império" comenta rejuvenescimento de Cora: "Solução nonsense" - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Texto no Facebook06/12/2014 | 14h28

"Comendador" de "Império" comenta rejuvenescimento de Cora: "Solução nonsense"

Alexandre Nero, que interpreta Zé Alfredo na novela, elogiou a decisão do autor Aguinaldo Silva

"Comendador" de "Império" comenta rejuvenescimento de Cora: "Solução nonsense" Ellen Soares/TV Globo/Divulgação
Foto: Ellen Soares / TV Globo/Divulgação

Alexandre Nero, um dos protagonistas da novela Império, da Globo, comentou as recentes mudanças anunciadas para a novela. Drica Moraes, afastada por motivos de saúde, dá lugar a Marjorie Estiano no papel da vilã Cora – a solução implica uma mudança no roteiro: a personagem passará por uma cirurgia plástica que a deixará com o rosto rejuvenescido (Marjorie interpretou Cora no início da novela, quando a personagem era mais nova). Para o ator que vive o "Comendador" Zé Alfredo, a solução é "nonsense".

Cora surge rejuvenescida em "Império" e vira alvo de brincadeiras nas redes sociais
Diretor de Juno fala sobre jovens e adultos na internet em novo
filme

Joia Rara ganha Emmy de melhor telenovela
Leia todas as notícias de Entretenimento

"Quanto à solução que Aguinaldo criou na trama para essa substituição, só creio cada vez mais que Aguinaldo nasceu no país de Lewis Carroll, tomou suco da mesma laranja de Anthony Burgess, que diria 'inverte a coerência lógica do mundo. O modo bizarro de fazer sentido'. Em seu ensaio intitulado Nonsense, discorre que a mesma é um misto de sarcasmo e riso, ingenuidade e ternura. Na solução nonsense, é possível imaginar o modo como Aguinaldo percebe a sociedade em que vive e se integra. Uma escrita que surge como via de protesto. Há tons humorísticos no discurso, não anunciando apenas o absurdo, mas uma espécie de niilismo entre o mundo e as suas representações, nós próprios e as coisas", escreveu o ator, em seu Facebook, segundo reportagem da Folha de S. Paulo.

Na sequência do texto, Nero ainda brincou com a possibilidade de o seu personagem também passar por uma cirurgia plástica: "Sobre o Aguinaldo talvez Deleuze dissesse: 'O nonsense, aquele que desafia a realidade que temos como normal'. Eu digo: 'Você é um louco de pedra! Um sacana! Um zoeiro! Não tem medo do ridículo? Do estapafúrdio? Fez o que não podia! É um absurdo o que você está fazendo. Passou dos limites!' (e isso, sim, seria um ELOGIO, pois, mais que a Lua, admiro os lunáticos). Ps: quanto a alguns óbvios comentários de que se o Comendador também fará plástica e voltará o Chay, revelo: o que vocês ainda não perceberam é que 'Alexandre Nero' é um heterônimo do Chay. Eu não existo! O 'Nero' é o Chay com maquiagem e barba, cabelo e barriga postiças. Essa é a mais pura verdade! Sinto decepcioná-los mais uma vez."

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros