Tire todas as suas dúvidas sobre a prática do sexo anal - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Tem que ser seguro05/03/2015 | 07h01

Tire todas as suas dúvidas sobre a prática do sexo anal

Tire todas as suas dúvidas sobre a prática do sexo anal Daily Mail/Reprodução
Foto: Daily Mail / Reprodução

Se você faz sexo vaginal, fica seco e não usa lubrificante, pode causar pequenas fissuras na vagina. A mesma coisa pode acontecer no sexo anal. A vagina não cria a sua própria lubrificação pela falta de excitação ou problemas hormonais. Já o ânus precisa sempre do uso de lubrificante.

A camisinha também ajuda a lubrificar e não causar danos. Muitas pessoas pensam que, porque não há risco de gravidez, não é preciso preservativo no sexo anal. Elas estão erradas!

Leia outras colunas de Falando de Sexo

A maioria das DSTs são transmitidas pelo ânus, porque as paredes dele são muito finas e podem ser rompidas mais facilmente, graças ao atrito seco.

Quanto ao receio de sujar-se, as fezes não são normalmente armazenadas no reto, exceto pouco antes da evacuação. Mas pequenas quantidades podem permanecer lá. Ducha anal antes de fazer amor vai ajudar.

Quanto ao casal ficar preso pelos genitais, a mecânica do pênis preso é simples. Na penetração, o órgão masculino incha. Se, neste momento, a mulher chegar ao orgasmo, os músculos dela contraem-se. Dependendo do modo como a contração acontecer, a vagina ou o ânus podem prender o pênis com tanta força que o homem não consegue tirá-lo de lá. Mas não entre em pânico. Isso dura alguns segundos. É só ficar tranquilo e esperar os músculos vaginais relaxarem ou a ereção perder potência.

Leia as últimas notícias do Diário Gaúcho

Se você tiver dúvidas ou sugestões de assunto, escreva um e-mail para falandodesexo@diariogaucho.com.br.

 

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros